Publicidade

Deputado Fernando Filho fala da inauguração de escolas em Petrolândia e sobre processo de impeachment da presidente, em entrevista ao Blog e à Web Rádio Petrolândia

 A entrevista, na íntegra, vai ao ar na manhã desta sexta-feira (26) no programa ''Acordando com as Notícias'' na Web Rádio Petrolândia. apresentado por Assis Ramalho de segunda a sábado, das 05h30 às 09h00.

A convite do prefeito de Petrolândia, Lourival Simões (PR), o deputado federal Fernando Filho (PSB-PE) esteve na última sexta-feira (19) no município, onde participou da inauguração de duas novas escolas do município. Na ocasião, foram inaugurados o Núcleo Educacional de Ensino Fundamental, que recebeu o nome de João Rodrigues de Almeida, e a Escola Agropecuária José de Carvalho Alcântara, cujo antigo prédio, situado na periferia da cidade, foi doado ao IFPE para instalação do Centro de Referência em Petrolândia.

Em entrevista ao Blog de Assis Ramalho e à Web Rádio Petrolândia, Fernando Bezerra Filho falou sobre as inaugurações das escolas e sobre um possível processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. O deputado faz parte da chapa alternativa para a comissão especial que dará parecer sobre o impedimento da presidente da República.

Veja abaixo a entrevista.

Começamos a entrevista agradecendo a atenção com a nossa reportagem e solicitamos a avaliação do deputado sobre estar de volta a Petrolândia, desta vez para participar de inauguração de obras.

Fernando Filho: Boa tarde, Assis! Quero dizer que é um prazer em, mais uma vez, estar aqui em Petrolândia e mais uma vez falando no seu programa, para sua audiência e no seu blog. No começo da semana eu recebi, em Brasília, o convite do prefeito Lourival Simões e disse que faria o maior esforço para poder estar aqui, como de fato estou, prestigiando esta conquista de um investimento de aproximadamente dois milhões e meio de reais, em um momento de crise. Só para que você tenha uma ideia, no mês de janeiro a queda do FPM [Fundo de Participação dos Municípios] foi da ordem de 20%. Então, é por isso que eu digo que apesar de todas essas dificuldades, é sempre importante a gente estar aqui, celebrando duas entregas dessa magnitude. E dizer que estou feliz de poder estar aqui mais uma vez, renovando nossos compromissos e sempre aproveitando para agradecer a confiança, a oportunidade que o povo de Petrolândia nos depositou e estamos retribuindo com trabalho, com ação, que é o que a gente tem feito desde que começamos a ser apoiado aqui pelo grupo do prefeito Lourival Simões. 

Sobre a retomada dos trabalhos em Brasília, após o recesso, e o processo do impeachment da presidente Dilma

Fernando Filho: Já retomamos os trabalhos em Brasília. Depois do recesso de final de ano, do carnaval, agora todos os olhos estão voltados para a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) a respeito do rito do impeachment da presidenta. Eu acredito que depois da decisão do Supremo, salvo qualquer reformulação que seja feita, o rito do impeachment perde um pouco de força, mas tem ainda, perante o ambiente político, um movimento muito contrário à presidente. Há pouco eu falava pra você, antes da entrevista, que alguns economistas que apostavam que o ano de 2016 seria uma ano melhor do que o de 2015, eles já começam a achar que 2016 possa ser pior do que o ano de 2015.

Se isso preocupa e qual o grau da preocupação

Fernando Filho: Isso preocupa muito, Assis. Hoje saiu um dado em que o desemprego cresceu 41% no país. Já são nove milhões de pessoas desempregadas, e isso é algo que assusta e a gente fica preocupado com o cenário econômico que está se desenhando no país. Então, a gente precisa fazer mudanças que são necessárias. A presidente está dizendo que vai mandar a reforma da Previdência, as reformas que o país precisa, e a gente espera que não fique só no discurso e que ela possa mandar. O que não pode é ficar do jeito que está.

Quais os próximos passos e os próximos capitulos do impeachment de Dilma

Fernando Filho: Olha, agora estamos aguardando a resposta aos embargos que a Câmara impetrou e eu acredito que, assim que tivermos essa decisão, será instalada a comissão do impeachment, que vai analisar a razão de ter sido aberto o impeachment e a defesa da presidente. Depois disso, se gera uma relatório e esse relatório vai para a Plenária, para poder ser votado. Se aprovado, vai para o Senado e, o Senado aprovando, a presidente é afastada. Se for rejeitado, continua a presidente governando. O que a gente tem que lembrar também é que, fora esse processo do impeachment, tem no TSE uma ação sendo julgada, pedindo o afastamento da presidente, e que o Supremo deverá estar decidindo, acredito eu, até o meio de junho. Vamos aguardar para ver o que vai acontecer.

Agradecemos ao deputado pela entrevista, desejando boa sorte nos trabalhos em Brasília

Fernando Filho: Assis, eu é que agradeco a oportunidade, o carinho, a amizade e estamos sempre à disposição. Obrigado. 

O áudio da entrevista, na íntegra, vai ao ar na manhã desta sexta-feira (26) no programa ''Acordando com as Notícias'' na Web Rádio Petrolândia. apresentado por Assis Ramalho de segunda a sábado, das 05h30 às 09h00.

O programa "Acordando com as Notícias" apresenta notícias locais, regionais, nacionais, internacionais, política, polícia, economia, cultura, esportes, manchete dos jornais do dia, utilidade pública, entrevistas, entretenimento e muito mais,

Para instalar o aplicativo da Web Rádio Petrolândia no seu celular ou tablet, clique aqui>app Web Rádio Petrolândia

Redação do Blog de Assis Ramalho

Comentários

Publicidade