Publicidade

CPRH apresenta suas publicações literárias na X Bienal do livro de Pernambuco


Pela primeira vez, a CPRH participou da Bienal do Livro de Pernambuco, realizada no Centro de Convenções de Pernambuco (Olinda), de 02 a 12 de outubro, onde foram apresentadas as produções pedagógicas e literárias produzidas pelo Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental, como os livros Chico e Tortuga; Verdinha Vira-vira; Pingo de quê?; Será que é?; A Galinha Maluquinha, além dos cadernos de atividades sobre temáticas ambientais, como o Manguezal.

No dia da abertura da X Bienal, 02 de outubro, a gerente da Unidade de Educação Ambiental da CPRH, Lúcia Maria Alves, falou para alunos e professores da escola Cristo é Vida, do município de Camaragibe: “foi um momento muito importante, porque além de falarmos do trabalho da CPRH, tiramos dúvidas sobre vários assuntos. Os estudantes estavam atentos e curiosos”, declarou.

No dia 07 de outubro, foi a vez dos alunos do Colégio Souza Leão, do bairro de Piedade (Jaboatão dos Guararapes), ouvirem e perguntarem sobre a CPRH e sobre questões relacionadas ao meio ambiente. A jornalista da CPRH, Franci Palhano, debateu com os alunos sobre o livro “Só é lixo...se a gente quiser”, uma publicação da Ecopesa, em parceria com a CPRH. A história do livro foi contada pelo arte-educador Paulo André Viana, que envolveu alunos, pais e professores, com brincadeiras como jogo de argolas e pula-corda. “Trouxemos brinquedos confeccionados com material reciclado, que são simples e fáceis de serem feitos”, explicou. 

 Para a engenheira ambiental da Ecopesa, Helena Reis, as brincadeiras agregaram valor à publicação, que tem como objetivo levar os leitores a refletirem sobre a produção de resíduos e estimular a reutilização de recicláveis. “Nós acreditamos que atividades lúdicas como essas estimulam o pensamento e convidam para ações em prol do meio ambiente”, declarou.

CPRH

Comentários

Publicidade