Publicidade />

Codevasf leva novas ações de reforço hídrico e inclusão produtiva para famílias do sertão de Pernambuco

Foto: Codevasf/Divulgação

Novas ações de reforço hídrico e de repovoamento de mananciais começam a ser executadas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) no município de Serra Talhada, no sertão do Pajeú, em Pernambuco. Por meio da 3ª Superintendência Regional, sediada em Petrolina, foram entregues 30 mil alevinos para o repovoamento de um dos quatro principais mananciais do município, o Açude Cachoeira II. Ainda para este ano, estão previstos também os peixamentos, com mais 70 mil alevinos, das barragens do Ipa, Jazigo e Serrinha. Além disso, no âmbito do programa Água para Todos, a Companhia perfurou e instalou cerca de 60 poços tubulares, totalizando investimentos de aproximadamente R$ 300 mil.

Os alevinos depositados no açude beneficiarão 300 famílias que vivem e se alimentam do pescado existente nos mananciais do município. São pescadores e pescadoras que estavam passando dificuldades com a falta dos peixes, a exemplo de Maria da Penha Pereira. “A chegada dos peixes representa muita coisa pra gente. O que dá rendimento para todo pescador vem daqui do açude. Estava fazendo muita falta. Agora vai melhorar muito para nós”, comemorou a pescadora, que vive da pesca no Açude Cachoeira II, o qual possui capacidade de armazenamento de 21 milhões de metros cúbicos de água.

O pescador José Pereira já faz até planos para aproveitar o pescado. “O peixe estava pouco por aqui. Esses que chegaram daqui a alguns meses já estarão bons para pescar. Vai dar pra gente comer e ter uma renda”, afirmou “seu” José.

O superintendente da Codevasf em Pernambuco, João Bosco Lacerda de Alencar destacou que as ações da Companhia em Serra Talhada são parte de uma parceria que vem trazendo grandes resultados para a população do município. “Esta parceria aqui com a Prefeitura na entrega dos alevinos tem uma importância muito grande, porque vai ajudar na alimentação da população e incluir também na merenda escolar. A Codevasf, por meio dos seus centros de recursos pesqueiros, fornece alevinos para famílias de todo o sertão de Pernambuco, em sua área de abrangência, e isso vem trazendo grandes resultados”, salientou.

Segurança hídrica

O superintendente também apontou o apoio que a Codevasf tem dado para os municípios no sentido de amenizar os transtornos causados pela seca prolongada. Em Serra Talhada, a entrega de poços tubulares tem sido uma das demandas de maior importância. “São obras que garantem segurança hídrica para essas famílias. Além dos poços, temos também atendido Serra Talhada e mais de 30 municípios da região com a instalação de cisternas nas comunidades da zona rural”, enfatizou.

De acordo com ele, a proposta do Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Bebedouro é que periodicamente sejam realizados peixamentos nos mananciais de Serra Talhada, até o final do ano. O prefeito do município, Luciano Duque, elogiou a iniciativa da Codevasf e agradeceu a atenção do órgão com as demandas da população local.

“A Codevasf tem trazido investimentos importantes na área de recursos hídricos. Serra Talhada se sente gratificada e pretende intensificar essa parceria, construindo políticas públicas para favorecer exatamente aqueles que precisam mais, que são os agricultores familiares. É bom saber do olhar do governo federal, por meio da Codevasf, para fortalecer os arranjos produtivos locais”, disse o prefeito.

O secretário de Agricultura de Serra Talhada, José Pereira, frisou que as novas ações da Codevasf chegam no momento em que a região vive três anos consecutivos de forte seca. “A estiagem prolongada tem dizimado o nosso pescado. Hoje, 300 famílias vivem passando necessidade sem peixe. Por isso quero agradecer ao governo federal, por meio da Codevasf, por trazer esse benefício para o nosso município”, afirmou o secretário.

Inclusão produtiva

Em Serra Talhada, além das ações de fomento à piscicultura familiar, a Codevasf desenvolve ações de incentivo à apicultura por meio da implantação de kits produtivos, capacitações e instalação de unidades de extração e beneficiamento de mel, o que está beneficiando cerca de 50 famílias.

A Companhia também irá executar o Projeto Repalma no município, que consiste na implantação de unidades de multiplicação de palma irrigada, com qualidade genética e fitossanitária, objetivando garantir a segurança alimentar dos animais no semiárido e a promoção de ações de desenvolvimento sustentável da palma forrageira. Essas ações são tocadas em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional (SDR/MI) no âmbito do eixo de inclusão produtiva do Plano Brasil sem Miséria.

Água perto de casa

Um dos povoados beneficiados com os poços da Codevasf em Serra Talhada foi São João das Gaia, na zona rural, que possui 60 famílias. O agricultor José Tibustino dos Santos foi um dos beneficiados e disse que ficou aliviado com o poço perto de sua casa. “O poço aqui melhorou 100%. O sofrimento aqui era grande antes, sem água”, disse. Maria de Fátima Santos, também residente na região, comemorou a ação da Codevasf para a sua comunidade. “A gente ia buscar água longe nos açudes. Agora com o poço, melhorou muito. Perto de casa é bom demais”, festejou a agricultora.

Codevasf

Comentários

Publicidade