quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Marília Arraes debate combate ao trabalho infantil no Carnaval de Recife

Vereadora preside, no próximo dia 3, reunião pública para discutir medidas de enfrentamento ao trabalho de crianças e adolescentes durante a folia no Recife

Que medidas o poder público deve tomar para coibir a exploração da mão de obra infanto-juvenil durante o Carnaval? Esta é a principal questão a ser debatida, no próximo dia 3 de fevereiro, a partir das 9h, no Plenarinho da Câmara Municipal do Recife, em reunião pública convocada pela vereadora Marília Arraes (PSB). A audiência vai contar com a participação de representantes da Prefeitura do Recife, da Justiça, do Ministério Público e da sociedade civil, além do Legislativo municipal.

Nos dias de folia, o Recife se torna um dos mais frequentados destinos turísticos do País – só no ano passado, 800 mil pessoas visitaram a capital de Pernambuco no Carnaval. “Nos últimos anos, a crescente demanda por mão de obra tem como consequência a exploração do trabalho infantil na venda de alimentos e bebidas, na exploração sexual, no recolhimento dos resíduos recicláveis e nos estacionamentos públicos urbanos”, justifica a vereadora.

“O objetivo da reunião pública é aprofundar a discussão reunindo a sociedade civil organizada, a Prefeitura Municipal do Recife, os vereadores e cidadãos interessados com o objetivo de exigir a evolução das políticas públicas para combater a exploração da mão de obra de crianças e adolescentes, analisando as ações específicas da Prefeitura do Recife”, destaca Marília.

Estão confirmadas as presenças na reunião da gerente-geral de Proteção Especial da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Valéria Monteiro; a conselheira do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), Hortência Leal; a coordenadora do Projeto de Combate ao Trabalho Infantil da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, Paula Pereira; o procurador do Trabalho do Ministério Público do Trabalho, Osório Mendonça; o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 6ª Região, Fábio Farias; e a coordenadora do Conselho Tutelar da RPA 1, Jeanny Batista. A deputada federal Luciana Santos (PC do B), relatora da CPI do Trabalho Infantil, também foi convidada.

Assessoria de comunicação da vereadora Marília Arraes

Nenhum comentário:

Postar um comentário