quinta-feira, 8 de maio de 2014

Lisca entrega cargo e deixa o comando do Náutico



Era evidente que mais cedo ou mais tarde o técnico Lisca sairia do Náutico. O clima dentro do vestiário, apesar da negativa de várias pessoas do clube, não era nada amistoso. O que ninguém imaginava era a forma como aconteceu. Dentro de um taxi, após sair da reunião com toda a cúpula da diretoria alvirrubra, o agora ex-treinador do Timbu, em tom de desabafo, anunciara em primeira mão para aquele motorista que o levava de volta para casa que não era mais o comandante da equipe.

Imediatamente, a notícia se espalhou pela Internet, mas até então não havia um posicionamento oficial por parte do clube. Alguns minutos depois, eis o que todo mundo aguardava. Através do Twitter oficial, o clube disse que “após reunião de avaliação semanal com a diretoria, na noite dessa quarta (ontem), o técnico Lisca decidiu deixar o comando do time. O Náutico reconhece a dedicação do treinador, agradece pelo empenho e deseja sorte a Lisca em novos desafios. Quem comanda interinamente o time contra o Joinville é o técnico da base, Sérgio China”.


Procurado pela reportagem do Jornal do Commercio, o presidente Glauber Vasconcelos lamentou profundamente a saída do treinador. “Quando cheguei para a nossa reunião semanal, Lisca estava lá e pediu pra falar comigo. O recebi com Durval Valença (vice-presidente) e tentamos durante uma hora demovê-lo da ideia de ir embora. Até insisti, perguntei a ele se o problema era com algum jogador ou com um membro da comissão técnica, mas ele preferiu não comentar por respeito. Ele (Lisca) só disse que o momento certo de sua saída era esse e que seria bom para o Náutico e pra ele próprio. Falamos que tínhamos um plano de continuidade de dois anos para ele no clube, e reiteramos o valor que temos por sua pessoa. Mas Lisca já estava decidido, inclusive já tinha falado com a sua família”, explicou Glauber.

Como não conseguiu tirar a ideia da cabeça de Lisca, por volta das 20h o martelo foi batido. Lisca não era mais oficialmente o técnico do Náutico. “Desejamos toda a felicidade para ele, que é um cara honesto e muito trabalhador. Infelizmente, ele pediu pra ir embora. Lisca é um profissional muito sério. As pessoas não foram muito justas nesses quatro meses com ele”, lamentou o mandatário.

NOVO TÉCNICO

A diretoria já corre atrás de um nome para substituí-lo. A lista que existia, antes da chegada de Lisca, foi retirada da gaveta e os contatos recomeçaram. A intenção é ter um novo comandante até a próxima terça-feira, data da partida contra o América-RN, pela Copa do Brasil. Até lá, Sérgio China, técnico dos juniores, é quem tocará o barco. “Sérgio China já avisou que não quer assumir definitivamente e estamos atrás de alguns nomes. Sei que Vica (ex-técnico do Santa Cruz) foi citado, mas não está na nossa lista”, disse Glauber.

Rendimento de Lisca no Náutico

Total de jogos: 26

Vitórias: 10

Empates: 7

Derrotas: 9

Aproveitamento: 47,43%

Gols pró: 31

Gols contra: 30

Saldo de gols: 1

TAXISTA - A informação foi dada, em primeira mão, ao taxista Rodrigo Iran, que pegou a corrida assim que o treinador deixou o clube. Confira a entrevista:

Jornal do Commercio

Nenhum comentário:

Postar um comentário