Publicidade

Leitor do Blog, em Petrolina, questiona atuação do Movimento Nacional dos Catadores sobre a política de Resíduos Solídos

José Ivo dos Santos, membro de cooperativa de catadores de materiais recicláveis, envia mensagem ao Blog de Assis Ramalho, comentando o silêncio do movimento nacional dos catadores sobre a política nacional de resíduos sólidos, cujo objetivo é criar aterros sanitários para eliminar os lixões, depósitos de lixo a céu aberto. 

José Ivo diz, em sua mensagem à redação do Blog de Assis Ramalho: "Aqui em Petrolina (PE) funcionamos com a Coleta Seletiva em condomínios e em algumas empresas, com a ajuda da Ecovale do São Francisco, vem mudando a realidade de 60 famílias de catadores, cadastradas em cooperativas. Somos 149 famílias que trabalhávamos no lixão denominado Raso da Catarina. Aqui nos não temos ajuda do governo federal, funcionamos com a ajuda municipal. Só ganhamos o que coletamos. Fico me perguntando pelo Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis que até agora não se pronunciou nos pequenos municípios, nos quais os lixões são erradicados e as famílias abandonadas."

O prefeito Julio Lóssio lançou oficialmente o programa ‘Coleta Seletiva’, um convênio entre a prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Infraestrutura com a Ecovale do São Francisco, no dia 24 de janeiro de 2012. O programa visa oferecer uma destinação melhor aos resíduos produzidos pela população de Petrolina, além de proporcionar renda a profissionais que vivem do recolhimento e reciclagem dos lixos. 

A participação da população no ‘Coleta Seletiva’ está divida em três etapas: a primeira conta com os condomínios e comerciantes; a segunda, escolas das redes pública e privada e catadores de lixo e a terceira etapa reúne a população dos bairros, carroceiros e caçambeiros.

“Estamos ampliando o programa a partir de fevereiro para todas as escolas do município. Também iremos contar com o apoio da Associação dos Carroceiros de Petrolina (ACAPE), através da padronização das carroças, emplacamento, fardamento dos carroceiros e entrega do Equipamento de Proteção Individual (EPI), tudo isso está sendo planejado para garantir a coleta nos bairros”, informou o coordenador do programa ‘Coleta Seletiva’, Rosivaldo de Souza, na cerimônia de lançamento. De acordo com o anúncio da Prefeitura de Petrolina, o material recolhido seria vendido para as empresas parceiras que trabalham com reciclagem no município, e a renda obtida garante a compra de equipamentos para programas sociais do município. Além disso, a separação dos resíduos facilita o trabalho das pessoas que vivem da venda de matérias recicláveis, evitando assim o contato direto dessas pessoas com materiais degradados e/ou produtos tóxicos. 

O Movimento Nacional dos Catadores (MNCR) participou, junto com outros 14 movimentos sociais urbanos, de reunião com a Presidenta Dilma Rousseff no dia 25 de junho em Brasília. Os movimentos presentes na reunião, que atuam em diversas áreas sociais, como mobilidade urbana, moradia e direitos humanos, apesar de reconhecerem avanços de suas pautas nos últimos anos dez anos, reivindicam maior participação popular nas políticas urbanas. Cada um dos movimentos colocou sua pauta específica, grande parte das quais, já documentada para o Governo.

O catador e representante do MNCR, Carlos Alencastro, avaliou como positiva a reunião diante do momento histórico que estamos vivendo na política brasileira. “Nós colocamos a questão da incineração de lixo e também das Conferências Municipais de Meio Ambiente visto que a maior parte dos Municípios não fez seus Planos de Resíduos Sólidos. O Brasil é o país que mais realiza Conferência, mas em geral o resultado das Conferências não é executado pelos Governos”, declarou.

Relacionadas:

Redação do Blog de Assis Ramalho

Comentários

Publicidade