Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Famílias rurais de Ribeirão são beneficiadas com a entrega de 106 títulos de acesso à terra

Foto: Ascom Prefeitura Municipal de Ribeirão

Nesta terça-feira (04/09), o Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco entregou 106 títulos de Concessão de Direito Real de Uso da Terra (CDRU) aos agricultores que vivem nos assentamentos no município de Ribeirão, localizado na região da Mata Sul do estado. Do total de títulos, 76 beneficiaram as famílias do assentamento Serrinha e 30 agricultores do assentamento Águas Claras. A solenidade que aconteceu na Escola Municipal João Goulart, dentro da Agrovila Retiro, objetivou assegurar juridicamente os trabalhadores com a garantia de acesso à terra voltada à produção.

“É nosso dever regularizar as famílias que vivem da agricultura nas terras do Estado e garantir que através do título de terra em mãos, possamos oportunizar a geração de mais alimentos que chegam às nossas mesas. Além disso, o título da terra representa a melhoria de vida de quem vive no campo, porque as famílias de agricultores conseguem participar de outras políticas públicas de desenvolvimento rural”, explicou o presidente do Iterpe, André Negromonte.

Através do documento da terra, as famílias rurais estão aptas a acessarem as linhas de créditos junto aos agentes financiadores que apoiam produtores rurais e projetos de melhoria da produção. Os assentados da Reforma Agrária, com os títulos em mãos, também se empoderam com o acesso de políticas agrárias como o de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF); de contribuição ao escoamento da produção como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), de Alimentação Escolar (PNAE); benefícios previdenciários, entre outras políticas.

A solenidade contou com a presença do prefeito de Ribeirão, Marcelo Maranhão; o Deputado Estadual, Aluísio Lessa; o secretário executivo da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco (SARA), Alvaro Jordão; o gerente de Reordenamento Agrário, Augusto Miranda; os presidentes das associações dos assentamentos, Carmem Lúcia e Paulo Paciência. O Governo de Pernambuco já entregou mais de 12 mil títulos de acesso à terra de 2015 até o momento.

Iterpe

Comentários

Publicidade