Publicidade

Corpo encontrado pode ser de menina sequestrada pelo padastro no Cabo de Santo Agostinho

Menina está desaparecida desde segunda-feira (10). Cadáver encontrado neste sábado (15) deverá ser reconhecido pela família da menina (Divulgação/Polícia Civil)

O corpo de uma criança foi encontrado em estado de putrefação, na tarde deste sábado (15), em Ribeirão, na Mata Sul de Pernambuco. A Polícia Civil acredita que o cadáver seja da menina de 10 anos que foi sequestrada pelo próprio padrasto nessa segunda-feira (10), no bairro de Charnequinha, no Cabo de Santo Agostinho, Grande Recife. José

"O corpo encontrado foi de uma criança e, dado as circunstâncias, tudo leva a crer que seja da menina que foi sequestrada", informou o delegado Mamede Xavier, responsável pelas investigações do caso. "Porém, ainda não podemos afirmar nada. A família fará o reconhecimento do corpo", explicou.

O delegado ainda informou que, caso o corpo não seja reconhecido pela família, será necessário realizar um teste de DNA.

O caso


“Ele não aceitou o fim do relacionamento e tinha o ultimato de sair de casa na segunda, por isso sequestrou a enteada”, explicou o delegado.

Segundo as informações, o padrasto havia dito que levaria a menina em uma padaria e não voltou mais. "Ele não ameaçou nem fez menção de que seria violento com a criança", disse Xavier.

O delegado passou a manhã dessa quinta no município de Ribeirão, onde foram realizadas buscas pela criança. A mãe da menina acompanhou o trabalho.

Ainda segundo a polícia, José Carlos tem dois filhos no município, onde mora uma ex-mulher dele. “Durante a semana, ele entrou em contato com uma filha, dizendo que estava com a menina”, contou o delegado.

Por JC Online
Com informações da TV Jornal

Comentários

Publicidade