segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Petrolândia: Enéas Araújo Silva faz testemunho à memória do ex-prefeito Dr. Francisco Simões, falecido há 15 anos


Enéas Araújo, autor da homenagem a Dr. Simões, mora em Petrolândia (Foto: Assis Ramalho)

Nesta segunda-feira, 5 de novembro, completam-se 15 anos do falecimento do ex-prefeito de Petrolândia, Dr. Francisco Simões de Lima. Em homenagem à memória do médico e político, Enéas Araújo fez um depoimento ao Blog de Assis Ramalho sobre as realizações do ex-prefeito. O testemunho exalta, também, o ex-prefeito José Araújo, conhecido como Zé de Caboclo. Segundo Enéas, ambos os prefeitos deram a vida por Petrolândia.

Gostaria de fazer uma defesa e um elogio, em que torne-se conhecido ao público, ato que gostaria de fazer em palanque ou na tribuna da Câmara, o que não me foi possível em palanque desde 2004, e a tribuna hoje só é permitido para quem faz parte de associação. Portanto, venho através desse blog, por via do senhor Assis Ramalho, fazer público e notório ao povo, descendentes de Petrolândia, recém-chegados e nascidos de 20 anos para cá, ficarem conhecedores da história real de Petrolândia.

Para isso fazer, peço licença a 3 famílias, para fazer uso do nome de 3 personagens que foram referência no poder Executivo de Petrolândia. Falo do saudoso Itamar Leite, do saudoso José Araújo e, principalmente, o saudoso dr. Francisco Simões de Lima.

De quem desejo fazer uma defesa, tornando-se notório a esta população é que, desde 2004, os oposicionistas em todos os pleitos que passaram (2004, 2008, 2012 e 2016), tentaram apagar a imagem do saudoso Dr. Francisco Simões de Lima. Com um slogan nas campanhas querendo mudança, mudança, mudança.

Quero deixar claro e fazer lembrar que nenhum dos candidatos que passaram por todos esses períodos de campanha souberam fazer esta defesa, inclusive, o seu próprio filho não lembra da campanha de 1996, até por que acho que não estava aqui, devia estar na Câmara [Assembleia] Estadual. Falo assim por que eu também não estava aqui, estava em São Paulo, e cheguei em setembro, no final da campanha, e até ganhei um manual do programa de governo.

Lembro-me muito bem, no último comício, quando ele pediu ao povo que lhe desse a oportunidade para poder fazer a mudança de Petrolândia, e o povo acreditou, elegendo-o. Agora, faço lembrar a toda a população que o saudoso Dr. Simões, com toda a sua dignidade de qualidade, e em respeito ao povo o elegeu, não discriminando adversário político, já em janeiro de 1997 começou a fazer a mudança, com os trabalhos de saneamento, esgotos e calçamento, onde o esgoto corria a céu aberto, começando da Quadra 01, 02 e 03. Concluindo, o que os 2 gestores anteriores não fizeram em 8 anos, o saudoso Dr. Francisco Simões fez em 8 meses, inclusive neste mesmo período a construção da orla Fluvial, em que acabou a fedentina dos esgotos e com a poeira que cobria e enchia as casas de areia. Digo isto com conhecimento de fato, eu pescava e, quando no meio do rio, eu via quando o vento soprava forte e a poeira cobria as casas.

Por tudo isto que foi feito e por mais o que ainda vou falar, que ele achou Petrolândia apenas com 4 escolas e deixou com um total de 16, só aqui no perímetro [urbano], fora as que construiu no [restante do] município, que não tinha. O tempo é que não lhe permitiu terminar o plano de governo, pois se preocupou tanto mais com a população do que com a sua própria existência.

Petrolândia tem duas histórias que quase ninguém sabe, irão saber agora. Dos dois personagens que doaram suas vidas por amor ao povo de Petrolândia, José Araújo politicamente foi forçado a levar a família para a capital pernambucana, o Recife, e não voltaram mais. Porém, ele não abandonou o povo, a ponto de morrer aqui em Petrolândia.

Dr. Francisco Simões de Lima foi convidado a vir a Petrolândia e ser introduzido na política, e passou a amar o povo de uma forma tal que ninguém sabia, passarão a saber agora. A forma foi tal que ele correu atrás de benefícios para o povo que quando resolveu cuidar de sua própria existência, foi tarde demais. Foi aí quando ele deu a vida por Petrolândia.

É por tudo isso que o povo jamais deve esquecer e deixar que a imagem dele seja apagada por aqueles que nada fizeram, nem deixarem que a família Simões, junto com a família de Marquinho [Dr. Marcos, ex-prefeito de Petrolândia], venham a ser derrotados pelos adversários, pois Petrolândia não precisa mais de mudança e sim de continuidade de trabalho.

Enéas Araújo Silva, residente na Quadra 03 de Petrolândia-PE. Um político atualmente apenas simpatizante: fui filiado no PT, pelo qual fui candidato a vereador em 1988, depois filiado ao PMDB, hoje estou filiado ao PSDC, durante todo esse tempo passado venho acompanhando toda trajetória política ao lado da situação, o que defenderei o quanto puder. Esta é a razão de fazer publicar esta matéria.

Notícia relacionada
>Missa de 10 anos de morte de Dr. Francisco Simões é marcada pela comoção




Redação do Blog de Assis Ramalho


0 comentários:

Postar um comentário