Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Reunião em Jatobá-PE nesta terça (18) discute situação de famílias desalojadas do Bem-Querer de Baixo

Nesta terça-feira (18), reunião tem início às 8h e discutirá situação das famílias da comunidade Bem-Querer de Baixo, após serem desalojadas, em Jatobá.

É de muita dificuldade a situação das famílias despejadas pela Polícia Federal, na comunidade Bem-Querer de Baixo, em Jatobá-PE, no Submédio São Francisco. E nesta terça-feira (18), a partir das 8h, será realizada uma reunião para discutir o estado das famílias. Na última quinta-feira, dia 13, a polícia cumpria uma operação de reintegração de posse, determinada pela Justiça, em parte das terras indígenas Pankararu, depois de anos de batalha judicial. No entanto, ao serem desalojadas, as famílias tiveram seus pertences retirados das casas, e não têm outro local para seguirem.

Durante ação de cumprimento da ordem judicial, na quinta-feira (13), a polícia fez uso de uma abordagem violenta, como o uso de gás lacrimogêneo e balas de borracha, sob o argumento de manutenção da ordem. Muitas pessoas ficaram feridas.

Das 12 famílias que tinham ordem para que deixassem suas casas, oito foram retiradas das propriedades. As outras quatro tiveram um prazo estendido, pois eram famílias com pessoas idosas e, uma delas, com uma pessoa com deficiência visual. As famílias estão, então, com seus pertences menores, como utensílios de casa, e outros, como animais e produção de alimentos, sem terem para onde seguirem.

A data da nova ordem de ação de despejo a ser cumprida, para a retirada de outras famílias, ainda não foi anunciada pela Justiça. Ao total, mais de 300 famílias devem cumprir a ordem de reintegração de posse. A situação na comunidade é de medo e de insegurança sobre como vão viver sem casa e sem terra para produzir, já que muitos não receberam indenizações.

A Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (FETAPE) está acompanhando o caso e enviou ao Governo do Estado de Pernambuco um ofício solicitando, em caráter de urgência, a reunião, com a presença da federação, das famílias da comunidade e de outras organizações apoiadoras, para que o Estado viabilize a sustentabilidade das famílias, com condições de produção e, principalmente, e em caráter emergencial, a questão da habitação.

Serviço:
Reunião discute situação de famílias desalojadas em Jatobá
Terça-feira, 18 de setembro, a partir das 8h, comunidade Bem-Querer de Baixo, Jatobá.

Assessoria de Imprensa FETAPE

Comentários

Publicidade