quinta-feira, 9 de agosto de 2018

17º Congresso Brasileiro de Gastropediatria será realizado pela primeira vez em Pernambuco

Cerca de 1.500 médicos se reunirão no Hotel Armação, em Porto de Galinhas, para debater os mais recentes temas relacionados à saúde gastrointestinal infantil

Já está tudo pronto para o 17º Congresso Brasileiro de Gastropediatria - Gastroped, a ser realizado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) em conjunto com a Sociedade de Pediatria de Pernambuco (Sopepe). Sob o tema Construindo Pontes Entre a Ciência e o Cuidado, o evento acontecerá de 29 de agosto a 1º de setembro, noHotel Armação, na praia Porto de Galinhas, município de Ipojuca, Região Metropolitana do Recife.

Pela primeira vez no Estado, o Gastroped deverá receber cerca de 1.500 congressistas, entre gastropediatras, pediatras, nutricionistas e estudantes da área de saúde, que desfrutarão de uma estrutura especial nos quatro dias do evento. Serão três salas simultâneas, duas de gastroenterologia pediátrica e uma de hepatologia pediátrica, permitindo que os participantes vivenciem uma imersão em diversos temas relacionados à saúde infantil.

A programação se inicia com um pré-congresso, no qual serão ministrados cursos com temas que vão da imersão em alergia à proteína da vaca (ALPV), coordenado pelo médico Emanuel Sarinho, presidente do Departamento de Alergologia da SBP, e pela gastropediatra Kátia Brandt, ao suporte nutricional e gastropediátrico no prematuro, coordenado pela nutróloga Graça Moura, membro da comissão organizadora do Gastroped em Pernambuco.

Presidente do congresso e vice-presidente da Sopepe, Kátia Brandt presidirá a conferência inaugural Enteropatia Ambiental: Ontem e Hoje, ministrada pela professora Gisélia Alves, que inicia a programação da quinta-feira (30). Ela explica que a conversa abordará o agravo repetido ao intestino decorrente de um ambiente contaminado por micro-organismos.

“Esse tipo de contaminação acontece principalmente através da água, em ambientes de pior condição socioeconômica, carentes de água de boa qualidade e acesso ao saneamento básico”, detalha Kátia. “As crianças expostas a esses fatores sofrem um aumento da população bacteriana intestinal, o que causa inúmeros transtornos, como a má absorção de nutrientes provenientes dos alimentos e repetidos episódios de diarreia”, completa.

As descobertas mais recentes sobre o assunto, segundo Kátia Brandt, são as consequências em longo prazo de tal contaminação, como o favorecimento à desnutrição da criança, à redução do crescimento, o maior risco de baixa estatura e um menor desempenho intelectual, comprometendo as pessoas por toda vida.

A gastropediatra também ministrará aula sobre a doença do refluxo na criança com paralisia cerebral, detalhando as complicações resultantes de um sofrimento precoce do cérebro, geralmente em bebês com falta de oxigenação durante o nascimento, e as medidas particulares para tratar esse grupo de crianças.

As inscrições para o 17º Gastroped estão abertas e devem ser feitas através do site www.gastroped2018.com.br, onde também é possível conferir a programação completa do congresso.

SERVIÇO
17º Congresso Brasileiro de Gastropediatria - Gastroped
Quando: 29 de agosto a 1º de setembro
Onde: Hotel Armação, Porto de Galinhas, Ipojuca - Pernambuco
Inscrições: www.gastroped2018.com.br/inscricoes
Mais informações: www.gastroped2018.com.br



Mia Comunicação


0 comentários:

Postar um comentário