quinta-feira, 19 de abril de 2018

Definição das vazões mínimas dos reservatórios da BHSF é pauta de videoconferência da ANA

Foto: Bianca Aun

A entrada em vigor da resolução 2081/17, da Agência Nacional de Águas (ANA), a qual versa sobre a definição das vazões mínimas de cada reservatório instalado na bacia hidrográfica do Rio São Francisco, norteou a reunião promovida na segunda-feira (16 de abril) pela agência federal, realizada semanalmente para analisar as condições hidrológicas na bacia do chamado rio da integração nacional. Houve apresentação de questionamentos por parte dos estados, inclusive quanto a vazão mínima de operação dos reservatórios.

A reunião é promovida semanalmente na sede da ANA e transmitida por videoconferência para os estados inseridos na bacia do Velho Chico. O presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Anivaldo Miranda, considerou que todos os termos para a entrada em vigor da resolução foram discutidos no grupo de trabalho criado especificamente para esse fim. “Entretanto, é fundamental termos garantia da qualidade da água do rio”, defendeu. “A resolução deve vigorar tão logo haja as condições e a segurança hídrica necessária. O nível de degradação no Baixo São Francisco é extremamente preocupante e tudo precisa ser observado”, acrescentou Miranda.

Diante do debate, o superintendente de Recursos Hídricos da ANA, Joaquim Gondim, ponderou que a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) e o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) devem apresentar dados sobre monitoramento da qualidade da água durante a reunião na próxima semana para, somente depois, se definir quando colocar a entrada em vigor da resolução.

Durante a reunião, técnicos do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) apresentaram os estudos sobre a precipitação para os próximos 15 dias na bacia do São Francisco. De acordo com os dados apresentados, o índice pluviométrico será quase zero nas duas próximas semanas, o que indica o fim do período úmido na bacia.

A próxima reunião que deverá analisar as condições hidrológicas da bacia acontecerá na próxima segunda-feira, dia 23, a partir das 10h, na sede da ANA.

Texto: Delane Barros/Ascom CBHSF


0 comentários:

Postar um comentário