Publicidade

CPRH constata desmates irregulares e embarga obra em Aldeia


Em uma das áreas identificadas com supressão vegetal sem autorização, autuações aplicadas somam R$ 42,6 mil (Fotos/imagens de drone: Arquivo CPRH )

Equipe de fiscalização ambiental da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) embargou, na segunda-feira (5), obra de construção na Estrada de Pau Ferro, no Km 5 de Aldeia, Camaragibe, dentro dos limites da Área de Proteção Ambiental (APA) Aldeia-Beberibe. Na ação, foi constatada supressão – sem autorização legal – de 0,5 hectares do Bioma Mata Atlântica, próximo a uma nascente – Área de Preservação Permanente (APP).

O empreendimento – um centro esportivo – teve as obras iniciadas, numa área de 4,2 hectares, sem licenciamento. Daí o embargo e aplicação da multa, além da apreensão de equipamentos encontrados – dois tratores e uma escavadeira. Pelo início irregular das obras, o primeiro auto de infração foi de R$ 32.650,22. Já o segundo, motivado pela supressão da vegetação, foi de R$ 10.000,00.

Na mesma fiscalização, a CPRH constatou outros dois pontos de desmate irregular (sem autorização) na PE-18, próximo à Estação Ecológica de Caetés (Esec Caetés). O primeiro, que motivou a ação, já havia sido sinalizado por imagens de satélite e, durante a vistoria, foi constatado outro na mesma área, totalizando 2 hectares atingidos (1,28 e 0,72 respectivamente). O proprietário não foi localizado para receber o auto de infração.

Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental - NCSEA
Agência Estadual de Meio Ambiente - CPRH

Comentários

Publicidade