Publicidade

Socorro Pimentel sugere medidas preventivas contra a febre amarela em Pernambuco


Nesta quarta-feira (07), na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Socorro Pimentel (PSL), voltou a sugerir novas medidas de combate à febre amarela em Pernambuco. A parlamentar apresentou uma indicação à Secretaria Estadual de Saúde (SES), para que sejam adotados novos critérios que previnam ou amenizem uma possível epidemia da febre amarela em Pernambuco.

Em fevereiro do último ano, Socorro Pimentel já havia alertado o Governo do Estado para a questão quando apresentou uma indicação pedindo que o fornecimento de vacina contra febre amarela fosse ampliado em Pernambuco.

Em seu pronunciamento durante a Reunião Plenária na Casa Legislativa, ela ainda chamou atenção para o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), realizado em julho do ano passado, que identificou 83% dos municípios pernambucanos com risco elevado para transmissão de viroses por meio do mosquito dessa espécie.

“Como já temos um possível vetor da febre amarela circulando no Estado, precisamos tomar cuidado. Subestimar a gravidade das arboviroses resultou em uma geração de crianças acometidas pela microcefalia”, lembrou a deputada.

A deputada, que é médica pediatra por formação, ressaltou ainda a importância da prevenção para evitar ocorrência de uma epidemia no Estado. “É válido lembrar que a falta de prevenção nos custou uma geração de crianças acometidas pela microcefalia. Não podemos menosprezar esse risco. Sem causar pânico na população, Pernambuco deve partir na frente de outros Estados na prevenção da febre amarela”, declarou a parlamentar.

Assessoria de imprensa deputada estadual Socorro Pimentel (PSL)

Comentários

Publicidade