Publicidade

Petrolândia: Coordenação do PNI anuncia alteração no calendário de vacinações em 2016

Reprodução Facebook Petrolândia Saúde

O Calendário Nacional de Vacinação terá modificações para o ano de 2016. O anúncio foi feito pelo Ministério da Saúde (MS) aos municípios no mês de novembro. Com isso, algumas vacinas terão alteração, principalmente no número de doses. A mudança é para as vacinas Hepatite A e B, Poliomielite, Pneumocócica 10, Meningo C e HPV.

Não há introdução de vacinas no momento. “A questão é de introdução de esquema”, ressaltou a coordenadora. Antes reservada para alguns públicos/profissionais, será ampliada a oferta da vacina para Hepatite B para toda a população, independente da idade e/ou condição de vulnerabilidade. Permanece a dose ao nascer do bebê e o esquema com a vacina Pentavalente aos dois, quatro e seis meses.

Na Poliomielite, a vacina oral (VOP) da terceira dose será substituída pela vacina inativada poliomielite (VIP), que passa a ser aplicada aos dois, quatro e seis meses de vida dos bebês. A VOP será aplicada apenas aos 15 meses e quatro anos.
Para a Pneumocócica-10 será adotado o esquema de duas doses, aos dois e quatro meses, e não mais as três doses como atualmente acontece. O reforço permanece aos 12 meses.

A Meningo C, que tinha o 1º reforço aos 15 meses, passa a ser aplicada aos 12 meses e a 1ª e 2ª doses serão aplicadas aos 3 e 5 meses.

A dose única da Hepatite A muda dos 12 para os 15 meses. Já a vacinação contra o Papilomavírus Humano (HPV) não terá mais a terceira dose cinco anos após a primeira. Permanecem apenas as duas doses, a segunda com seis meses após a primeira. A faixa de idade permanece para garotas maiores de 9 anos e menores de 14.

Não mudam as vacinas BCG, Pentavalente e DTP, Rotavírus, Tríplice Viral, Tetra Viral, DT Adulto e DT PA. Todas elas também compõem o calendário. 

As mudanças começam a acontecer a partir do mês de janeiro do próximo ano. Para isso, os profissionais de saúde do município que trabalham nas 8 salas de vacina das Zonas Rural e Urbana já foram capacitados para trabalhar, a partir de janeiro, de acordo com as novas diretrizes do MS.

Silvana Silva
Coordenadora Municipal PNI Petrolândia
Hospital Municipal Dr. Francisco Simões de Lima
Secretaria Municipal de Saúde de Petrolândia

Comentários

Publicidade