Publicidade

Suape atrai exportações do polo de fruticultura irrigada do Vale do São Francisco

Maior polo exportador de frutas do Brasil, o Vale do São Francisco fornece 99% da uva nacional vendida no exterior e 85% da manga brasileira que ganha os mercados estrangeiros.

O Complexo Industrial Portuário de Suape diversifica sua pauta de exportações e se prepara para embarcar aos EUA e Europa as frutas produzidas no Sertão do São Francisco pernambucano. Em reunião realizada na Câmara de Fruticultura de Petrolina, na manhã de sexta-feira passada (09), o secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente de Suape, Thiago Norões, sinalizou a resolução de entraves que resultem na queda do custo operacional.

“Não podemos mais permitir que um importante polo produtivo do nosso Estado exporte altos volumes de cargas por outro porto público que não seja Suape. Estamos estreitando as relações, ouvindo as demandas e apresentando soluções. Somos um hub port continental, com recordes sucessivos de movimentação, com investimentos massivos em infraestrutura programados e que, para se consolidar ainda mais nessa posição, precisa exportar as frutas de alta qualidade produzidas no Vale do São Francisco”, reforçou Thiago Norões.

A reunião promovida nesta sexta-feira contou com a presença de representantes do Tecon Suape, empresários da região que compõem à Câmara de Fruticultura e as equipes técnicas da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDEC) e de Suape. As negociações para viabilizar as exportações pelo porto pernambucano envolvem também armadores, agentes de carga e portos de destino das frutas.

Suape está localizado a 715 quilômetros (km) de Petrolina. É o porto mais estratégico do Norte/Nordeste do Brasil, por sua localização privilegiada; profundidade que chega a até 20 metros em algumas áreas permitindo a entrada de navios de até 305 metros ou 170 mil TPB (tonelada por porte bruto); e por estar interligado com mais de 160 portos no mundo. Além disso, o tempo médio para o desembaraço de cargas de exportação em Suape é de até 2h30.

Afora os diferenciais competitivos de infraestrutura, planejamento e administração, Suape será diretamente impactado pela expansão do Canal do Panamá, ampliando sua conexão internacional com a abertura de novos mercados na Ásia, Oceania e Costa Oeste dos EUA.

Maior polo exportador de frutas do Brasil, o Vale do São Francisco fornece 99% da uva nacional vendida no exterior e 85% da manga brasileira que ganha os mercados estrangeiros. A região possui o 4º maior PIB dentre as 12 Regiões de Desenvolvimento (RDs) pernambucanas. O Vale reúne 3.000 produtores de frutas, gerando cerca de 1,15 milhão de empregos diretos e indiretos em Pernambuco e na Bahia.

Porto de Suape

Comentários

Publicidade