sábado, 5 de abril de 2014

Inscrições abertas para a 6ª edição do Visionaris – Prêmio UBS ao Empreendedor Social

Em sua 6ª edição, concurso oferecerá US$ 25 mil à ideia de empreendedorismo social que melhor maximize seu impacto na sociedade

As inscrições para a sexta edição do Visionaris – Prêmio UBS ao Empreendedor Social – começaram no dia 17 de março e vão até o dia 30 de abril. Serão premiadas as melhores ideias de empreendedorismo social ligadas ao tema “Replicando o sucesso, maximizando o impacto social”.

O ganhador receberá um certificado e a quantia de US$ 25 mil – ou o equivalente em moeda nacional -, para investir em sua organização. Cada um dos outros 3 finalistas receberá um certificado e a quantia de US$ 5 mil ou seu equivalente em moeda nacional, para uso relacionado a seu projeto.

Para se inscrever, basta enviar um email com a candidatura do projeto até às 18 horas do dia 30 de abril para renata.monguzzi@ubs.com, com cópia para ponteAponte, empresa que administrará o recebimento das inscrições, no email contato@ponteaponte.com.br. As condições necessárias para a inscrição de um projeto podem ser encontradas no site do UBS (www.ubs.com/brasil).

No ano passado, um trabalho voltado para comunidades da Amazônia Legal foi o vencedor do Visionaris – Prêmio UBS ao Empreendedor Social. Criado em 1987, o Saúde e Alegria atende pessoas que vivem em situações de extrema exclusão social e de acesso restrito aos serviços públicos, especialmente nos campos da saúde, saneamento, educação, energia, transporte e comunicação. Eugenio Scannavino Netto, representante do Saúde e Alegria, disse que o prêmio contribuiu para sistematizar as experiências e aumentar a capacidade de escala e replicação dos resultados positivos da organização.

Prêmio foi criado em 2004 – Para firmar seu compromisso com a responsabilidade social dentro do mercado brasileiro, o banco criou em 2004 o Visionaris – Prêmio UBS ao Empreendedor Social. A iniciativa foi implementada em parceria com a Ashoka, organização internacional fundada em 1980 com o propósito de colaborar para a profissionalização dos empreendedores sociais ao redor do mundo.

Com o Prêmio Visionaris, o UBS pretende estimular o empreendedorismo social, principalmente aquele que é marcado por uma visão de mundo inovadora, criativa e determinada a solucionar desafios contemporâneos. Dessa forma, o projeto busca identificar empreendedores sociais que conseguiram alcançar um impacto social significativo e, principalmente, tenham elaborado estratégias para replicar seus modelos de impacto social.

Kai Grunauer-Brachetti, Diretor de Filantropia do UBS, ressalta: “Ao envolver nossos clientes interessados em filantropia no processo de seleção, e colocá-los em contato com os empreendedores sociais finalistas, o UBS se torna não apenas um intermediário financeiro, mas também um intermediário entre ideias e capital”.

Sobre a Ashoka

A Ashoka é uma organização mundial, sem fins lucrativos, pioneira no campo da inovação social, trabalho e apoio aos empreendedores sociais – pessoas com ideias criativas e inovadoras capazes de provocar transformações com amplo impacto social. Presente em mais de 60 países e criada na Índia em 1980, pelo norte-americano Bill Drayton, a Ashoka trabalha com diferentes públicos comprometidos com a mudança do mundo. Além de uma rede ampla de empreendedores sociais, a Ashoka promove protagonismo, transformação e empatia em diversas esferas na sociedade.

Os empreendedores sociais da Ashoka fazem parte de uma rede mundial de intercâmbio de informações, colaboração e disseminação de projetos composta hoje por mais de 3.500 empreendedores localizados nos diversos países em que atuam. No Brasil, compõem a rede cerca de 320 empreendedores sociais de todas as regiões do país.

Sobre o UBS

Sediado em Zurique e na Basileia, na Suíça, o UBS é uma empresa global de serviços financeiros altamente focada em seus clientes e que oferece uma combinação de serviços de gestão de patrimônios, de gestão de ativos e de banco de investimentos em termos locais e globais. Ao fornecer uma ampla gama de serviços, assessoria e produtos financeiros para seus clientes pessoa física, corporativos e institucionais, o UBS objetiva tornar-se a escolha dos clientes em todo o mundo e criar valor para seus acionistas.

O UBS está presente em todos os principais centros financeiros mundiais. Tem escritórios em mais de 50 países, com 35% de seus colaboradores trabalhando nas Américas, 36% na Suíça, 17% no resto da Europa e 12% na Ásia Pacífico. O UBS emprega cerca de 60 mil pessoas ao redor do mundo. Suas ações estão listadas na Bolsa de Valores da Suíça (SIX – Swiss Exchange) e na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE – New York Stock Exchange).

O UBS foi um dos primeiros bancos a se dedicar à filantropia, e seu compromisso com essa questão já vem de muitos anos. A empresa conta com uma equipe global com mais de 30 especialistas, oferecendo uma abordagem profissional, abrangendo todos os aspectos da filantropia. O UBS Philanthropy & Values-Based Investing fornece um direcionamento, assessorando os clientes, oferecendo produtos e serviços para ajudá-los a alcançar uma mudança positiva, por meio de doações ou investimentos, do desenvolvimento estratégico até a implantação.

O UBS Philanthropy & Values-Based Investing é mais uma forma com a qual o UBS expressa seus valores institucionais. A busca pela excelência, as relações responsáveis, assim como seus elevados padrões éticos, sua integridade, confidencialidade e diversidade, são valores fundamentais em que se baseia o trabalho do UBS e que sustentam o seu êxito.

Envolverde e UBS Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário