Publicidade

Trabalhadores de Suape fazem protesto e paralisam atividades; Petrobras promete realizar uma reunião agora pela manhã


Um protesto dos trabalhadores do Complexo Industrial de Suape, nas entradas, acontece desde às 5h desta quarta-feira (27). O protesto reflete no trânsito da PE-60, de acordo com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), congestionando a via. Os manifestantes afirmam que não haverá expediente nesta quarta.

O protesto começou fechando a portaria leste e depois se dividiu em dois grupos. Uma parte dos manifestantes atravessou um ônibus na PE-60, no sentido Cabo. Outro grupo furou pneus de outro ônibus na pista contrária.

O trânsito é intenso nos dois sentidos da PE-60 e da PE-28. A concessionária Rota do Atlântico, que administra as rodoviais PE-009 e o acesso a Ilha de Tatuoca, informa pelo microblog sobre o trânsito retido.

Uma comitiva da Petrobras deve receber os trabalhadores da Refinaria Abreu e Lima. De acordo com o sindicato, a Petrobras informou, agora pela manhã, que o contrato com o consórcio EPDI/CKK, que esses trabalhadores são ligados, foi suspenso ontem no fim da tarde e uma nova empresa irá assumir a obra. Sendo assim, todos os trabalhadores seriam re-admitidos pelo novo contratante. Os salários serão pagos pela estatal.

Os trabalhadores aguardam no local este contato.A manifestação teve início devido o atraso de mais de 15 dias no pagamento do salário. Esta não seria a primeira vez que o consórcio atrasa o pagamento.

Com informações do Diário de Pernambuco e Jornal do Commercio

Comentários

Publicidade