quinta-feira, 3 de junho de 2021

“Governo tem que agir para reduzir custo de produção do ovo, principal proteína consumida pelo brasileiro”, diz Eduardo da Fonte


O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) saiu em defesa dos produtores de ovos e frangos e afirmou que o governo precisa de uma política para segurar a alta no custo dos produtos. O parlamentar destacou a importância de São Bento do Una, um dos principais polos de produção de ovos do país, e citou um estudo da Universidade Livre de Berlim que apontou que o produto se tornou a principal fonte de proteína do brasileiro durante a pandemia.

“A avicultura reforçou sua importância durante essa crise sanitária, fornecendo proteína de qualidade e com preço acessível. Mas a alta no custo, especialmente na alimentação das aves, torna o produto mais caro. Já estive no Ministério da Agricultura, acompanhado da drª Débora Almeida, representante da Associação Avícola de Pernambuco, e recebemos uma sinalização que o ovo pode ser inserido como item da cesta básica, o que reduziria ou até zeraria a cobrança dos impostos PIS/Cofins. O nosso trabalho é para estimular e garantir o trabalho do produtor que nos fornece essa proteína tão importante”, afirmou Eduardo da Fonte.

De acordo com o estudo citado pelo deputado federal, o consumo de ovo pelos brasileiros aumentou 18,8% durante a pandemia. Segundo Associação Avícola de Pernambuco (AVIPE), a alimentação das aves corresponde a cerca de 80% do custo do produto.

Assessoria de Imprensa - Dep. Fed. Eduardo da Fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário