quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Novos leitos para tratamento da Covid-19 são inaugurados em Serra Talhada, no Sertão de PE

Novos leitos para Covid-19 no Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada - Foto: Hélia Scheppa / SEI

Foram inaugurados novos 30 leitos para tratamento exclusivo do novo coronavírus em Serra Talhada, no Sertão pernambucano. A estrutura do Hospital Eduardo Campos (HEC) recebeu 10 novos leitos de UTI e o hospital de campanha montado na área externa da unidade recebeu 20 leitos de enfermaria. No total, as unidades juntas somam 60 leitos dedicados ao tratamento da Covid-19.

Atualmente, o HEC opera na sua primeira etapa, inaugurada pelo governador Paulo Câmara e pelo secretário estadual de Saúde, André Longo, no fim de julho. Até o momento, 56 pessoas já foram internadas com Covid-19 no HEC.

No próximo ano, será entregue a terceira etapa das obras do HEC. Quando estiver em sua plena capacidade, o hospital contará com cerca de 200 leitos, sendo 140 de internação. Ao todo, o hospital terá 10 mil metros quadrados de área construída, ampliando ainda mais o atendimento ao trauma e outras patologias na região, e evitando que a população sertaneja precise se deslocar para outras cidades, ou para a capital. Já a estrutura montada na área externa, exclusiva para a Covid-19, chegará a 100 leitos de enfermaria. Para erguer a estrutura, foram investidos R$ 1,3 milhão.

Com as novas vagas em Serra Talhada, a III Macrorregional de Saúde passa a contar com 112 leitos para pacientes suspeitos ou confirmados para a Covid-19 espalhados entre serviços da região, sendo 48 de UTI. Com estas vagas, Pernambuco atingiu, nesta quarta-feira (12.08), a marca de 828 leitos para a Covid-19 no interior do Estado, sendo 295 de terapia intensiva. Ao todo, o Governo estadual já conta com 1.976 vagas dedicadas exclusivamente ao novo coronavírus, sendo 883 de UTI e 1.093 de enfermaria, espalhados por todas as regiões.

Segundo estudo do Conselho Federal de Medicina (CFM), que analisou o número de leitos nos estados e capitais brasileiros entre fevereiro e junho de 2020, Pernambuco aparece como o segundo do país em ampliação da rede hospitalar, atrás apenas de São Paulo. Outro levantamento divulgado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), coloca o Estado na segunda
melhor posição na proporção de leitos de UTI adulto para Covid-19 quando relacionado com a sua população. Com uma taxa de 1,3 leitos de UTI para cada 10 mil habitantes, o Estado fica atrás apenas do Espírito Santo, que registra taxa de 1,5.

Nesta quarta-feira (12.08), a taxa de ocupação dos leitos está em 52%, com 43% de ocupação das vagas de enfermaria e 62% nas de terapia intensiva.

Por - Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário