quarta-feira, 22 de julho de 2020

Petrolândia: Ex-vereador por 6 mandatos, empresário Lourival Leal Rodolfo (Lourinho) comenta sua experiência na Câmara e revela ter trazido Dr. Simões à política local

Empresário Lourival Leal Rodolfo (Lourinho) do Grupo Louana na comemoração de seus 80 anos, ocasião em que concedeu entrevista a reportagem do Blog de Assis Ramalho e da Web Ráio Petrolândia
Vereadores eleitos em 1982: Belé, Padinho, Arlete, Afonso, Lourinho, Lino Viana, Marcos Montila, Zildo, Célia de Jatobá e, à direita, o então prefeito Dr. Francisco Simões de Lima
Vereador Lourinho e o prefeito Dr. Simões


Lourinho, Itamar Leite, Dr Simões, Zé Dantas

O empresário Lourival Leal Rodolfo comemorou 80 anos de idade no dia 8 de julho, na sua residência, em Petrolândia. Na ocasião, recebeu alguns familiares, entre eles, o radialista e blogueiro Assis Ramalho, seu sobrinho, com quem o comerciante conversou sobre sua história de vida e, ineditamente, sobre sua participação na política de Petrolândia. Mais conhecido como Lourinho, o comerciante nasceu na Bahia, mas, desde a juventude, sua vida está fortemente ligada ao comércio de Petrolândia, onde começou suas atividades comerciais, no povoado de Barreiras, na "velha cidade". Do casamento com Ana Cavalcante Leal (dona Naná) nasceram quatro filhos e o Grupo Louana, um dos mais sólidos e bem sucedidos grupos de empresas de Petrolândia e da região. 

Na política, o sogro Pedro Cavalcante da Silva, ex-vereador homenageado com seu nome no plenário da Casa Aureliano de Menezes, foi um dos maiores incentivadores para a entrada de Lourinho na política de Petrolândia. Em 1972,  ainda com seu comércio em Barreiras, na zona rural de Petrolândia, Lourinho recebeu do ex-prefeito José Araújo (Zé Caboclo) um convite para ser vereador. Não queria entrar na política, resistiu, mas terminou por aceitar e foi eleito. Durante os 28 anos de atuação na Câmara, divididos em seis mandatos (dois de 6 anos e quatro de 4 anos), Lourinho afirma que desempenhou todas as funções que um vereador pode realizar. Foi presidente da Mesa Diretora, integrou comissões, foi situação e oposição. 

Em duas oportunidades, seu nome foi cogitado por aliados para ser candidato a prefeito de Petrolândia. Recusou ambas para "não misturar comércio com política". 

Na entrevista, Lourinho revela que foi a seu convite que o médico Francisco Simões de Lima, então residente em Paulo Afonso-BA, mas já ligado à política de Pernambuco, veio a Petrolândia assistir a um comício com participação de Nilo Coelho. Foi o primeiro passo para a entrada de Dr. Simões na política petrolandense. Com apoio de Lourinho e de Zé Dantas, Dr. Simões foi indicado a prefeito e eleito. Na política, Lourinho e Zé Dantas já estiveram em palanques opostos, mas sempre mantiveram a antiga amizade.

Ao se afastar da política, Lourinho fez como sucessor um dos filhos, Luciano Cavalcante Leal, vereador por dois mandatos (2001/2004 e 2005/2008). Lourinho orientou o filho a não concorrer a novo mandato em 2008, pelo mesmo motivo pelo qual deixou a vereança: não misturar comércio com política. Naquele ano, foi eleito prefeito o então deputado estadual Lourival Simões, filho do ex-prefeito Dr. Francisco Simões de Lima e amigo da família. Os laços se estreitaram com o casamento de Lourival e Anna Tereza, filha de Lourinho e Naná. 

Segundo Lourinho, a família sempre tem um vereador como representante e, em 2020, o apoio irá para Fabrício Cavalcante, filho do seu irmão, também comerciante, Francisco Rodolfo (Chiquinho). Embora estreante como candidato, Fabrício já tem longa experiência nas campanhas da política petrolandense, como integrante de debates (comitês). 

Confira a conversa de Lourival Leal Rodolfo (Lourinho)  com Assis Ramalho no vídeo abaixo. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário