Publicidade

Petrolândia: Comerciante reclama de escuridão e de taxa de iluminação pública abusiva


Solange, moradora e comerciante do Bairro Nova Esperança reclama da escuridão na sua rua, e das altas taxas de iluminação pública que estão sendo cobradas nas contas de energia elétrica.

Bom dia Assis Ramalho! Assis, olhe nossa situação aqui no Bairro Nova Esperança. Estamos pagando quase cinquenta reais de iluminação pública (incluindo nosso comércio e nossa casa residencial), moro aqui desde 2012, e fomos nós que compramos o equipamento para colocar no poste (pagamos a um amigo para instalar). Tem mais de dois meses que queimou a lâmpada, e eu entrei em contato com um funcionário que trabalha com a iluminação pública, o mesmo disse que o carro estava em manutenção, mais até então não apareceu ninguém.

De Solange do Mercadinho Boa Esperança
Bairro Nova Esperança
Eu moro na rua da oficina de Manoel Brinquinho
.

Comentários

Publicidade