Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Velha Petrolândia em fatos & fotos - momentos de recordações neste domingo 25/11/2018

Década de 70: Trabalhadores montando o Parque Lima nos preparativos para a Festa do Padroeiro São Francisco de Assis - a tradicional festa de outubro


Neste domingo, 25 de novembro de 2018, o Blog de Assis Ramalho vai no fundo do baú e mostra fatos e fotos para nos lembrar da nossa saudosa velha Petrolândia, hoje submersa nas águas do rio São Francisco.

Visão de parte do Cine São Francisco (Cinema de Valmir), e Churrascaria O Casarão

EMATER-PE em dia movimentado - Rua São Francisco

Equipe de professores da Escola Delmiro Gouveia (Foto em frente ao auditório do popular Grupo Vei, como carinhosamente era chamado)

Visão externa da Escola Delmiro Gouveia

Realização de um Bingo na Escola Delmiro Gouveia


Desfile Cívico da Independência - 7 de Setembro


Na frente da foto (Velha Barreiras) > Fátima, populatmente conhecida por Fafá da Associação Café com Arte


Adson, Aerson e Adriana - filhos do casal José Dantas e Afonsina
Rua Regente Feijó - local onde se concentrava boa parte do comércio e onde era realizada a feira livre. O JEEP está posicionado ao lado da Padaria de João Rodrigues. Vizinho a padaria ficava o ponto comercial de Chiquinho e Lourinho.

História de Petrolândia

A colonização da região começou no século XVIII, quando foram fundadas as fazendas Brejinho da Serra e Brejinho de Fora. Os primeiros núcleos de povoamento surgiram onde havia uma frondosa árvore de jatobá e um bebedouro para o gado. Por causa disso, o povoado ficou conhecido como Bebedouro de Jatobá.

Em 1877, a região recebeu a visita do Imperador D. Pedro II, que ordenou a construção de um cais e de uma ferrovia que ligava economicamente o alto e o baixo São Francisco.

Em 1887, a sede do município de Tacaratu é transferida para o povoado de Jatobá que, mais tarde, seria elevada à categoria de cidade em 1 de julho de 1909. O município recebeu a atual denominação em homenagem ao Imperador D. Pedro II.

A história do município passou por uma enorme transformação nos anos 80 devido à construção da Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga (também conhecida como Usina Hidrelétrica de Itaparica), que resultou na inundação da antiga cidade pelo lago de Itaparica e obrigou a transferência dos moradores para a atual cidade em 1988. O município de Petrolândia vem se tornando nos últimos anos um dos mais importantes da região.

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Petrolândia ontem, hoje e sempre

Comentários

Publicidade