sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Secretaria confirma: Detento fugiu de escolta para matar esposa e depois se matar em Serra Talhada


A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) confirmou em nota que Luiz Vicente (foto), que se suicidou após assassinar sua ex-esposa na manhã desta sexta-feira (17) em Serra Talhada, era um dos presos que estavam trabalhando na reforma da cadeia pública de Serra Talhada, que está inutilizada, após motim dos detentos. Ele fugiu da escolta policial para cometer os crimes.

NOTA

“A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) informa que, na manhã desta sexta (17), o detento Luiz Vicente de Oliveira, 52 anos, fugiu da Cadeia Pública de Serra Talhada enquanto atuava na reforma da prisão – que está desativada – juntamente com outros oito detentos. Todos os reeducandos trabalhavam no local com a autorização do juiz da Vara de Execução Penal. A Seres abrirá um procedimento administrativo para apurar as circunstâncias da fuga. O detento pertencia ao Presídio de Salgueiro”.

LeiaMais


0 comentários:

Postar um comentário