Publicidade

Sem cumprimento de acordo, servidores do Detran-PE param outra vez


Alegando o não cumprimento do acordo firmado com o governo do Estado, os quase 1.400 funcionários do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) voltam a cruzar os braços nesta sexta-feira (20). De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores do órgão, Alexandre Bulhões, todos os serviços estão paralisados até segunda ordem.

Contudo, uma assembleia foi marcada para acontecer às 9h desta sexta. No encontro, será decidido se a greve segue por tempo indeterminado ou se a categoria vai estipular um prazo para o retorno. “O único ponto que o governo cumpriu foi o reajuste salarial. Eles já encaminharam o projeto de lei para a Assembleia Legislativa do Estado. Vamos votar se aguardaremos essa tramitação trabalhando ou parados”, adiantou Bulhões.

Como o governo assinou o acordo, mas não cumpriu, o presidente do sindicato informa que a categoria está com um “pé atrás” agora. “Fica difícil acreditar no que eles falam a partir desse momento”, pontua.

“Reivindicamos a contratação definitiva do plano de saúde, a gratificação dos servidores que trabalham no pátio de exames da CNH, tem também a questão da insalubridade do historiador de veículo, além de que o incentivo de produtividade para quem trabalha em shopping e em alguns setores seja ampliado para todos”, completa.

No última greve, os serviços ficaram paralisados por mais de um mês. A categoria retomou os trabalhos em abril deste ano com a promessa de parar novamente no dia 19 de maio caso o acordo não fosse cumprido.

G1 PE

Comentários

Publicidade