Publicidade

Petrolândia: Projetos da Associação Café Com Arte são habilitados na primeira fase do Funcultura Independente 2014/2015

Associação Café com Arte apresentou projeto para manutenção da Banda Marcial de Petrolândia

Na terça-feira (19), a Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult)e a Fundarpe divulgaram a lista dos projetos habilitados na primeira fase do edital Funcultura Independente 2014/2015. A seleção recebeu 1.955 projetos, um recorde de inscrições, dos quais 1.589 foram habilitados para a segunda fase da seleção. Dois deles foram apresentados pela Associação dos Artesãos e Agropecuaristas de Petrolândia - Café com Arte, comandada por Fátima Belém, incansável empreendedora na produção e divulgação do artesanato e cultura de Petrolândia.

O primeiro projeto, apresentado na categoria Música, diz respeito à manutenção da Banda Adolfo Alexandre de Melo. No dia 16 de junho completar-se-ão 77 anos da criação da banda marcial. A suspensão das atividades da banda, por falta de recursos, provocou polêmica no município, pois ocorreu pouco após a comemoração dos 75 anos de anos de criação. A Banda Municipal Adolfo Alexandre de Melo foi catalogada entre os Bens Imateriais de Petrolândia, no Inventário do Patrimônio Cultural RD Sertão de Itaparica, segundo o Mapa Cultural PE, citando o documento Panorama Cultural, 2005. FUNDARPE - Diretoria de Preservação Cultural.

O segundo é o projeto Rede de Artesanato, Rede de Sustentabilidade, projeto da Associação Café com Arte, com objetivo na sustentabilidade da atividade dos artesãos.

Parabéns à Associação Café com Arte, em especial a Fátima Belém, pela capacidade de ir além dos problemas, enxergando soluções e mobilizando esforços para concretizá-las.

Segunda fase - As propostas habilitadas seguem para julgamento do mérito cultural pela Comissão Deliberativa do Funcultura, que conta com especialistas de cada linguagem artística, formando os Grupos Temáticos de Assessoramento Técnico e Temático. O julgamento do projeto avalia o valor cultural do projeto, a qualidade técnica do projeto, qualificação do produtor e da equipe, e aspectos sociais da proposta.

O edital Funcultura Independente 2014/2015 disponibilizará R$ 22 milhões para o incentivo a produção, difusão, pesquisa e formação cultural. Entre os projetos habilitados, estão 398 propostas de música, 185 de teatro, 153 de literatura, 147 de cultura popular e tradicional, 142 de artes plástica, gráficas e congêneres, 133 patrimônio, 105 de fotografia, 104 de dança, 52 de artesanato, 50 artes integradas, 48 de circo, 31 de gastronomia, 29 de design e moda e 12 de ópera.

Redação do Blog de Assis Ramalho
Com informações da Secult-PE/Fundarpe e Associação Café com Arte

Comentários

Publicidade