Publicidade

ANA prorroga redução da vazão do Rio São Francisco até 30 de junho

Lago de Itaparica em Petrolândia ( Foto: Lúcia Xavier)

A Agência Nacional de Águas (ANA) prorrogou até o dia 30 de junho a manutenção da vazão mínima do Rio São Francisco em 1.100m³/s e a redução para 1.000m³/s nos períodos de carga leve, entre a meia-noite e as 7h durante a semana e o dia inteiro nos domingos e feriados.

A resolução foi publicada no Diário Oficial de União (DOU) desta quinta-feira (28), e se refere à descarga mínima instantânea dos reservatórios de Sobradinho e Xingó. Anteriormente, a redução valeria somente até o fim de maio.

O texto da publicação desta quinta ainda informa que a manutenção da vazão mínima deverá ser amplamente divulgada pela Chesf, principalmente para as comunidades ribeirinhas, e as informações técnicas deverão ser repassadas aos usuários e ao Comitê de Bacia.

Em abril, uma proposta de redução da vazão mínima para 900m³/s, feita pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) foi negada pela ANA.

Na época, o diretor de operação da Chesf, Mozart Bandeira Arnaud, justificou o pedido citando a crise hídrica que afeta o Velho Chico e os municípios que dependem da água dele.

A ANA disse que a redução só poderia ser feita após a eliminação da mancha que surgiu no leito do rio naquele mês, e que rendeu uma multa de R$ 650 mil à Chesf, por dano ambiental, e um prejuízo de R$ 500 mil à Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).

Derek Gustavo
Do G1 AL

Comentários

Publicidade