Publicidade

Indonésia notifica execução a brasileiro condenado à morte

Família de Rodrigo Gularte tenta impedir a execução alegando que ele sofre de doenças psiquiátricas. / Foto: Dita Alangkara/AP
Família de Rodrigo Gularte tenta impedir a execução alegando que ele sofre de doenças psiquiátricas.Foto: Dita Alangkara/AP

Oito dos nove estrangeiros condenados à morte por acusações de narcotráfico na Indonésia, incluindo o brasileiro Rodrigo Gularte, foram colocados neste sábado em isolamento depois de terem sido notificados de sua execução iminente, indicou um porta-voz do Ministério Público.

"Agora mesmo acabamos de notificar (a execução) a cada preso, nove pessoas, exceto Serge (Atlaoui, o francês)", disse à AFP Tony Spontana, ressaltando que os fuzilamentos só ocorrerão em no mínimo três dias. O nome de Atlaoui, que figurava na lista inicial, foi retirado no último minuto.

Familiares e diplomatas se dirigiram neste sábado à ilha de Nusakambagnan, conhecida como a "Alcatraz da Indonésia", onde se localiza a prisão de segurança máxima na qual as condenações são cumpridas.



Na lista dos notificados, além do brasileiro Rodrigo Gularte figuram os australianos Myuran Sukumaran e Andrew Chan, a filipina Mary Jane Veloso, três cidadãos nigerianos e outro condenado que não foi identificado.

Já Atlaoui, que também acreditava-se que seria notificado, não foi incluído na lista, já que ainda tem esperança com um recurso de apelação em andamento.

AFP

Comentários

Publicidade