Publicidade

Consema discute o balanço da gestão de meio ambiente em Pernambuco na última reunião de 2014


O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado (Semas), Carlos Cavalcanti (foto), fez balanço do ano de 2014, com perspectivas para 2015, na última reunião do ano do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema), realizada nesta sexta-feira (28), no município de Surubim. A reunião teve transmissão ao vivo pelo site www.semas.pe.gov.br.

Segundo o secretário Carlos Cavalcanti, a ideia é que nessa última reunião do Consema, todos pudessem ter uma síntese dos avanços que, de fato, ocorreram na área de meio ambiente. “Na realidade, nós avançamos em muitos aspectos nos últimos quatros anos, e em 2014, particularmente, não foi diferente. Elaboramos o projeto de criação da maior unidade de conservação do Estado, o Refúgio de Vida Silvestre Tatu Bola, com 110 mil hectares; aprovamos a linha de preamar; realizamos quatro editais de chamada pública com recursos da compensação ambiental, com valor em torno de R$ 12 milhões, entre outras ações importantes”, ressalta o secretário.

A programação incluiu a apresentação dos resultados dos trabalhos da Câmara Técnica de Biodiversidade e Controle da Qualidade dos Ecossistemas sobre a estratégia de gestão de unidades de conservação de Pernambuco e palestra da conselheira da ONG com atuação marinha Fundação Mamíferos Aquáticos e coordenadora da Câmara Técnica.

O tema da Educação Ambiental foi marcado pelo debate sobre o Pré-Projeto para construção da Política de Educação Ambiental de Pernambuco. A iniciativa é da Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental do Estado formada por integrantes do governo, e sociedade civil organizada, entre eles as secretarias estaduais do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e de Educação, além da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), a ONG Sociedade Nordestina de Ecologia e o Instituto de Ecologia Humana, com apresentação do gerente geral de Articulação da Semas, presidente da Comissão.

Na pauta de fechamento das apresentações, debate sobre a pesca artesanal, a partir da apresentação da Proposta de Construção da Política Estadual da Pesca Artesanal, com exibição pela consultora Denise Castro.

Fonte: Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Foto: Semas/Divulgação

Comentários

Publicidade