Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Petrolândia sem água: Demora da Celpe para atender chamado da ETA atrasa religamento de sistema


Sala das bombas na ETA: Uma dos equipamentos foi removido para conserto. a remanescente (no alto) aparentemente tem condições de operar (Foto: Assis Ramalho)

Desde a manhã desta terça-feira (27), uma equipe de seis pessoas, das áreas mecânicos e elétrica, a serviço da Compesa-Regional Serra Talhada, realiza manutenção na sala de bombas da estação de captação de água para Petrolândia, na Serrota. A nossa reportagem visitou, nesta terça-feira (27), a estação, onde servidores da Celpe são esperados para ser concluída a manutenção.

A sala de bombas foi inundada após uma queda de energia elétrica, no último domingo (25), após ter causado pane nos aparelhos. Desde então, moradores da área urbana de Petrolândia, localizada às margens do São Francisco, estão sem água nas torneiras.

Segundo informações da equipe da Compesa, passadas à reportagem do Blog de Assis Ramalho e Web Rádio Petrolândia, pouco depois do meio dia de hoje, uma das bombas apresentou defeito (queimou) e foi removida para conserto.

O outro equipamento aparenta estar em condições de uso, mas, antes de ser religado e acionar o abastecimento de água, é necessário um teste ("alicate bater chave"), realizado pela Celpe. A concessionária de energia foi aguardada durante toda a manhã, mas, até o momento de publicação desta reportagem, ainda não havia atendido ao chamado.

''É coisa simples, apenas estamos aguardando a Celpe. Antes de ser religada e acionar o abastecimento de água, é necessário um teste ("alicate bater chave"), que só eles podem fazer'', disse um dos engenheiros elétricos, à nossa reportagem.

Redação do Blog de Assis Ramalho

Comentários

Publicidade