quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Jatobá: Articulação do Semiárido de Pernambuco (ASA-PE) divulga nota de repúdio à violência empregada na desocupação do Bem Querer de Baixo


NOTA DE REPUDIO

A Articulação do Semiárido de Pernambuco (ASA/PE), formada por diversas organizações e movimentos no estado de Pernambuco, vem por meio desta manifestar seu repúdio ao ato bárbaro e covarde praticado contra Comunidade de Bem Querer de Baixo, no município de Jatobá, no Sertão do Sub médio São Francisco, na manhã desta quinta-feira (13/09). A Polícia Militar (PM) chegou na comunidade com um mandado judicial de despejo e usou de violência contra seus moradores e moradoras, utilizando spray de pimenta, balas de borracha, causando diversos ferimentos nas pessoas da comunidade.

A comunidade de Bem Querer de Baixo foi decretada pela justiça como área dentro das Terras Indígenas Pankararu, porém o processo de desocupação não previu nenhum planejamento de reassentamento das famílias ou indenizações que gerem condições dignas para quem necessita ser realojado. As famílias relutam em sair de suas casas porque não tem para onde seguirem.


A ASA/PE reafirma e defende o direito de todos os povos às suas terras e territórios, defende e reafirma seu compromisso com a legalização as terras indígenas e dos povos tradicionais, devolvendo-as a quem de fato pertence. No entanto, repudiamos todo e qualquer tipo de violência, especialmente praticada pelo Estado contra as famílias agricultoras que necessitam de terras para produzir seu sustento e de respeito para construir com dignidade condições de bem viver. Dessa forma, reforçamos o repúdio às ações da Polícia Militar do Estado de Pernambuco.

Em tempo reiteramos as autoridades competentes as providencias necessárias para que a comunidade do Bem Querer de Baixo seja atendida às suas necessidades nesse momento e que sejam apuradas as responsabilidades por tal ato de violência.

Pernambuco, 13 de setembro de 2018.

É no Semiárido que a Vida Pulsa! É no Semiárido que o Povo Resiste!


Um comentário:

  1. Parabéns Assis por você ter coragem de se pronuciar com tamanha maldade que aconteceu conosco. Se quiser tenho mais material da realidade que passamos aqui.

    ResponderExcluir