Publicidade

Rússia dispara mísseis de cruzeiro contra Estado Islâmico

Foto: Serviço de Imprensa da Frota do Pacífico/Divulgação

O Exército russo realizou hoje (17) um “número significativo” de ataques aéreos contra bases do grupo terrorista Estado Islâmico em Raqqa, na Síria, informou um oficial dos Estados Unidos a agências internacionais.

Antes dos ataques, autoridades russas avisaram o governo norte-americano que iriam usar mísseis de cruzeiro lançados a partir do mar como bombardeiros de longo alcance.

A informação surgiu logo após a confirmação do caráter terrorista do acidente com o Airbus A321 da empresa russa Kogalymavia sobre a Península do Sinai, em 31 de outubro. O presidente russo Vladimir Putin afirmou que iria efetuar ações de retaliação contra os terroristas, principalmente intensificar os bombardeios contra as posições do Estado Islâmico e outros grupos terroristas na Síria.

O Ministério da Defesa da Rússia ainda não confirmou os ataques de mísseis.

Leia também>Número de mortes por terrorismo aumenta 80% em 2014

Agência Sputinik em Agência Brasil

Comentários

Publicidade