Publicidade

Centro de Estudos da História Municipal da Condepe/Fidem comemora 39 anos com amplo programa editorial


Ao completar 39 anos de existência em 14 de agosto, o Centro de Estudos da História Municipal (CEHM), da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco - Condepe/Fidem, comemorou os números do programa editorial, desdobrado em várias coleções, entre elas a Biblioteca Pernambucana de História Municipal (que conta a história de cada município). Ao total já foram publicados 110 livros de escritores e historiadores pernambucanos e está previsto o lançamento de mais três livros até o final deste ano, dentro de um convênio com a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe). O objetivo é de preservação da memória histórico-cultural dos municípios pernambucanos.

No primeiro semestre deste ano foram publicados os livros: Sopa de Pedra, de Napoleão Barroso Braga; Introdução à História Territorial do Sertão Nordestino (Devassamento e Colonização), de Ynoy Sampaio, ambos integram a coleção Tempo Municipal; e, Cronologia Pernambucana - Subsídios para a História do Agreste e do Sertão, volume 20 da coleção Cronologia de Nelson Barbalho. Entre os próximos livros a serem impressos está o da arquiteta Juliana Barreto sobre a fábrica da macaxeira.

O presidente da Agência Condepe/Fidem, Flávio Figueiredo, destacou a importância do CEHM, que vem mantendo vivos os valores culturais de Pernambuco, por meio de histórias contadas por historiadores da própria terra, "contribuindo, desta forma, para a preservação da cultura pernambucana".

Durante a última reunião com os historiadores, o coordenador da entidade, Miguel Meira, parabenizou a todos os que contribuem com o CEHM. Ele informou que estão sendo feitos contatos com a coordenação da Festa Internacional Literária - Fliporto, um dos mais importantes eventos do setor, para que haja um espaço para exposição do material editorial do CEHM no evento, que ocorre em novembro.

Assessoria de comunicação da Agência CONDEPE/FIDEM

Comentários

Publicidade