Publicidade

Petrolândia: Chega ao fim ocupação na Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga


Foto: Assis Ramalho

Foi encerrado na noite dessa quarta-feira (13), o movimento de protesto de produtores rurais na entrada da Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga (Itaparica), entre os municípios de Petrolândia e Jatobá, no Sertão de Pernambuco. As informações foram passadas ao Programa ''Acordando Com as Notícias'' (Web Rádio Petrolândia), na manhã desta quinta-feira, através do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolândia, José Maurício. De acordo com o dirigente sindical, os cerca de 4 mil produtores provenientes dos Perímetros Irrigados do Projeto Itaparica, acampados na área desde a madrugada de terça-feira (12), deixaram o local após agendamento de reunião a ser realizada às 9 horas da manhã do dia 21, próxima quinta-feira, em Brasília-DF.

Os líderes do movimento reivindicavam que o encontro ocorresse em Paulo Afonso (BA), onde poderia ser acompanhado pelo maior número de produtores da região, no entanto, acontecerá na Casa Civil, com a participação dos ministérios da Casa Civil e da Integração Nacional, que deverão sentar à mesa de negociação com representantes dos trabalhadores rurais. Dirigentes do Polo Sindical do Sub-Médio São Francisco, Federação dos Trabalhadores da Agricultura no Estado de Pernambuco, Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG) confirmaram presença no encontro,

A extensa pauta de reivindicações dos trabalhadores incluem o cumprimento de acordos firmados pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) com os reassentados da barragem de Itaparica, desde o período de retirada da população ribeirinha de municípios da Bahia e de Pernambuco para a construção do reservatório da represa.

A data da audiência coincide com o 21º Grito da Terra Brasil, que acontecerá de 18 a 22 de maio, com manifestações em todo o Brasil, inclusive no Distrito Federal.

Notícia relacionada:
>Petrolândia: Mais de 3 mil trabalhadores rurais ocupam entrada da Usina Hidrelétrica de Itaparica

Redação do Blog de Assis Ramalho

Comentários

Publicidade