Publicidade

TRE de Pernambuco convoca treinamento para evitar novos erros


O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) convocará um novo treinamento para os presidentes de mesa que atuarão no segundo turno das eleições em virtude das denúncias protocoladas pelos eleitores que não conseguiram votar no último domingo (5) porque os seus votos já haviam sido computados. A Corregedoria garante que o ocorrido foi consequência de um erro operacional. Os mesários responsáveis pelo equívoco já foram identificados, mas não haverá punição.

O registro de reclamações formais na ouvidoria do tribunal, com o indicativo dos números da zona e da seção dos eleitores, resultou na identificação dos mesários que cometeram o engano. A denúncia foi enviada ao cartório eleitoral responsável, que deverá reforçar as orientações sobre a conferência dos dados. Entretanto, não existe reparação prevista para o eleitor.

“O TRE-PE me tirou o direito de votar, de expressar minha vontade nas urnas. Acho ótimo que eles tenham convocado o treinamento para que outros eleitores não sejam prejudicados como eu fui. No domingo, solicitei que houvesse o registro em ata e me informaram que nem isso seria possível. Eu considero o ocorrido muito grave”, afirmou Sandra.

Conforme o TRE-PE, os eleitores que não conseguiram votar devem solicitar uma certidão de quitação eleitoral, no site da Justiça Eleitoral, para substituir o comprovante de votação. A data do novo treinamento dos presidentes de mesa será definida na próxima sexta-feira (10).

Comentários

Publicidade