Publicidade

ProRural recebe missão do Banco Mundial em visitas técnicas no Agreste e Sertão


Uma missão formada por representantes do Banco Mundial realizou visitas técnicas, durante esta semana, a projetos do Programa de Apoio ao Pequeno Produtor Rural - ProRural. Na pauta, as ações do projeto Pernambuco Rural Sustentável (PRS), objeto de acordo de empréstimo entre o Governo de Pernambuco e o Bird com o objetivo de promover o desenvolvimento rural sustentável. A parceria compreende o financiamento de US$ 100 milhões a serem aplicados para o fortalecimento das redes produtivas e obras de infraestrutura hídrica.

Participaram da missão, os representantes da instituição financeira, Diego Arias, Mário Castejon, Marilin Renfelth, Agnes Velloso, Maria Presmanes, Wilson Rocha e Juliana Garrido. As visitas às organizações de produtores familiares beneficiadas com as iniciativas do PRS, pactuadas nas matrizes de investimento das Redes Produtivas, foram acompanhadas pelo gerente geral do ProRural, Walmar Jucá, a superintendente técnica, Rita Guilherme e o gerente técnico, Joseilton Evangelista.

Na programação, visitas aos projetos que estão sendo implementados em localidades rurais das regiões do Sertão e Agreste. No município de Tabira, Sertão do Pajeú, os representantes foram até a Cooperativa de Desenvolvimento da Apicultura do Nordeste - Coodapis, onde um grupo de apicultores, de oito municípios, é apoiado pelo ProRural, desde 2009, em suas atividades de processamento e comercialização do produto. Atualmente encontra-se em fase de execução a construção de um entreposto de mel, com recursos de R$ 1,5 milhão.

Ainda no Pajeú, o grupo conheceu, na cidade de Triunfo, as atividades da Associação de Desenvolvimento Rural Sustentável da Serra da Baixa Verde - Adessu. A comunidade, formada por 250 famílias, trabalha na produção e beneficiamento de frutas e com o apoio do ProRural recebeu investimentos de R$ 428 mil, destinados a reforma do prédio e aquisição de equipamentos a fim de ampliar a capacidade de processamento. Na cidade de Flores, os visitantes foram à Associação de Jovens e Mulheres de Saco dos Henriques, beneficiada com a construção de uma agroindústria de beneficiamento de frutas, contabilizando valores de R$ 170 mil.

No Agreste Central, em Pesqueira, na Aldeia Indígena dos Xucurus de Ororubá, o destaque da visita foi um projeto agroecológico conduzido por mulheres. No município de Caruaru, no Assentamento Normandia, as atenções foram voltadas ao projeto de construção de uma agroindústria de raízes e tubérculos. A ação está sendo apoiada pelo ProRural, com investimentos da ordem de R$ 799 mil e beneficiará 96 famílias

Programa ProRural - Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária - Governo de Pernambuco

Comentários

Publicidade