Publicidade

Empresas tem até amanhã para inscrever projetos de inovação em Eficiência Energética do Grupo Neoenergia

Investimento de 1,2 milhão realizado pelo Programa de Eficiência Energética das distribuidoras do Grupo Neoenergia e do Senai devem incentivar o desenvolvimento de projetos no âmbito do Edital de Inovação para a Industria 2018

As startups, Micro e Pequenas Empresas e os Micro Empreendedores Individuais (MEIs) poderão se inscrever na primeira fase do Desafio Nova Energia até esta sexta-feira (23). A iniciativa faz parte de uma parceria firmada entre a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), empresa do Grupo Neoenergia, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para incentivar o desenvolvimento de projetos que apresentarem soluções para o desenvolvimento de novas tecnologias ou metodologias focadas em Eficiência Energética.

A ação faz parte do Edital de Inovação para a Indústria do Senai e recebe suporte do Programa de Eficiência Energética da Celpe, e das demais distribuidoras do Grupo Neoenergia, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O intuito é fomentar o desenvolvimento de projetos em três áreas de interesse: soluções para redução do consumo de energia nas unidades consumidoras, geração distribuída e novas tecnologias educacionais com foco no tema de eficiência energética.

O objetivo do projeto é estimular soluções inteligentes que facilitem maior eficiência no uso diário da energia elétrica. Além do suporte do Senai, o Desafio Nova Energia conta, ainda, com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Serviço Social da Indústria (Sesi).

A seleção está sendo realizada por chamada pública, através da publicação do edital pelo Senai - Cimatec, e replicação nos sites das distribuidoras da Neoenergia: Celpe (PE), Coelba (BA), Cosern (RN) e Elektro (SP/MT). As ideias selecionadas receberão aporte da concessionária no valor de R$ 600 mil e mais R$ 600 mil em horas técnicas de especialistas e uso de infraestrutura do Senai, em um período de até 12 meses. As inscrições podem ser feitas no site da Celpe (www.celpe.com.br).

Fonte: Celpe

Comentários

Publicidade