Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Apac registra chuvas abaixo do esperado para o mês de julho em Pernambuco

No segundo semestre deste ano, a tendência é que o volume de chuvas ainda permaneça inferior ao que tradicionalmente é registrado no período.

Nos primeiros 20 dias de julho, choveu no estado de Pernambuco cerca de 20% do volume de chuvas esperado para o período, registrou a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). O órgão já esperava precipitações abaixo do normal neste mês, mas o volume foi inferior ao que previam os meteorologistas.

“Embora seja um ano que está sendo próximo do normal, as condições oceânicas não foram favoráveis para que as chuvas aumentassem aqui, principalmente na faixa leste do estado de Pernambuco”, explicou Roberto Pereira, meteorologista da Apac-PE.

De acordo com Pereira, o início do mês coincide com o fim do inverno na Zona da Mata, Agreste e Região Metropolitana do Recife. “Na realidade, o que as pessoas consideram como inverno, a gente considera como quadra chuvosa, o que seria os quatros meses onde se tem o maior volume de chuva durante o ano”, comentou.


No Sertão, a quadra chuvosa compreende os meses de janeiro a abril. “No início do ano, a previsão era de que a chuva no Sertão fosse dentro do normal ou acima do normal. E isso ocorreu. Inclusive, choveu cerca de 6% acima do normal entre janeiro e abril”, disse o meteorologista. Neste período, a Grande Recife registrou 30% de precipitações acima do que era esperado para os mesmos meses do ano.

Nos próximos meses, a Apac estima que haja uma pequena queda no volume tradicionalmente esperado para o segundo semestre. Nesta época do ano, normalmente, não são registradas muitas precipitações. “Isso não significa que não vai chover, mas as chuvas são bastante reduzidas nessa época”, explicou Roberto Pereira.

G1 PE

Comentários

Publicidade