sexta-feira, 27 de abril de 2018

Zelador tem mão decepada após reagir a assalto no Recife


Um homem teve a mão decepada, após reagir a um assalto, na madrugada desta sexta-feira (27), no Porto da Madeira, na Zona Norte do Recife. O zelador Valdeci Pereira da Cruz, de 53 anos, seguia para o trabalho de bicicleta quando, por volta das 4h, foi abordado por dois assaltantes na Avenida Cidade de Monteiro, próximo a comunidade Miguel Arraes.

No momento do assalto, a vítima não quis entregar a bicicleta e um dos homens, que portava um facão, decepou a mão de Valdecir. Após o assalto o zelador correu em direção ao prédio onde trabalha para pedir ajuda. O porteiro, que estava trabalhando no momento, viu a vítima caída no chão e correu para pedir ajuda.
Segundo o síndico do prédio, Thyago Amorim, a área onde ocorreu o assalto é muito perigosa. “Eu já havia pedido para que o Valdecir não viesse ao trabalho nesse horário da madrugada, já que ele pega ás sete horas da manhã”, afirmou. A bicicleta da vítima não foi levada e os assaltantes fugiram.

Após perceber a gravidade do ocorrido, Thyago e o porteiro foram procurar à mão da vítima, que foi encontrada em meio ao mato, próximo à comunidade. A Polícia Civil foi acionada, juntamente com o Samu. Valdecir foi socorrido pelos agentes da Polícia e levado ao Hospital Getúlio Vargas, no Cordeiro.

No hospital, os médicos confirmaram que a mão da vítima não tinha mais condições de ser reimplantada. Valdecir foi encaminhado para o SOS Mão, na Ilha do Leite, para passar por uma nova avaliação.

Jornal do Commercio


0 comentários:

Postar um comentário