Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

CUT participa de ato em homenagem a Manoel Santos em Serra Talhada


O presidente da CUT, Carlos Veras,  participou do evento


Nesta quinta-feira, dia 19 de abril, o presidente da CUT, Carlos Veras e o vice-presidente Paulo Rocha, participaram de uma missa é um ato em homenagem e memória de Manuel Santos, que faleceu três anos atrás. Veras também lembrou que o dia 19 de abril também é o Dia do Trabalhador e da Trabalhadora Rural no município de Serra Talhada, "Este dia é importante porque é uma homenagem a nós que acordamos cedo todos os dias para cultivar os alimentos que vão para mesa de cada brasileiro e brasileira". Essa data foi instituída pela Lei Municipal 1.615/2017, em referência ao dia da morte de “Manoel de Serra”, como era mais conhecido. A expectativa dos organizadores é de reunir cerca de 700 pessoas.

A cerimônia teve início às 7h30, na Concha Acústica, no centro da cidade. Logo em seguida foi aberta a Feira da Agricultura Familiar, que permanecerá no local por toda a manhã, mostrando a riqueza da produção agrícola do município. “Serra Talhada ter aprovado 19 de abril, para ser o Dia do Trabalhador Rural, nos deixa muito felizes. É um reconhecimento do itinerário de vida e de luta de Manoel, um serratalhadense que sempre teve amor por sua terra. Quero aproveitar para expressar a nossa gratidão por esse reconhecimento”, afirma Maria do Socorro, educadora e viúva do ex-deputado.

Ela destacou a trajetória desse grande líder: “O itinerário de vida de um ser humano como Manoel Santos, por si só, já foi um grande testemunho de compromisso e de amor pela terra, pela família e pela luta. Ele se dedicou, a vida inteira, a isso, e sempre o fez com muito compromisso e com muita paixão. Dessa forma, deixou uma marca muito forte, não só nas pessoas, mas nas organizações e nas lutas que ele se envolveu ”, afirmou Socorro.

História - Negro e agricultor familiar, Manoel Santos começou a trabalhar ainda criança e, na juventude, ingressou no Movimento Sindical Rural. Foi presidente do STTR de Serra Talhada, da FETAPE e da Contag. Foi o primeiro secretário rural da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e dirigente-fundador do PT em Pernambuco.

Em 2010, foi eleito deputado estadual pelo Partido dos Trabalhadores (PT), com mais de 42 mil votos, sendo reeleito, em 2014, por mais de 55 mil pessoas. No entanto, faleceu no início de seu segundo mandato, deixando a vacância da cadeira não só de representação dos trabalhadores rurais, mas de outras causas na qual militava e construía a política dentro do Movimento Sindical Rural.

CUT-PE

Comentários

Publicidade