sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

3,2 milhões correm risco de ficar sem benefício do INSS


Um em cada dez beneficiários do INSS ainda não fez o recadastramento anual obrigatório de 2017.

São 3,2 milhões de segurados –de um total de 34 milhões– que correm o risco de ter seus pagamentos suspensos.

O prazo termina no próximo dia 28 e, segundo o INSS, não será mais prorrogado.

Inicialmente, a data-limite era 31 de dezembro de 2017, mas o órgão decidiu prorrogar até o fim deste mês devido ao grande número de segurados que ainda não tinham feito a prova de vida.
Jornal Agora-SP


0 comentários:

Postar um comentário