Publicidade

Petrolândia: Trabalhadores e estudantes participam de manifestação contra Reforma da Previdência


Fotos: Assis Ramalho



Trabalhadores de várias categorias paralisaram as atividades nesta quarta-feira (15) em Petrolândia, no Sertão de Pernambuco, em protesto contra as reformas da Previdência e Trabalhista, propostas pelo governo federal. O movimento foi iniciado por volta das 9h da manhã, com concentração na Praça da Matriz, de onde partiu uma passeata que percorreu as principais vias do centro da cidade.

Palavras como “Golpista” e frases como “Fora Temer”, "Diga Não à PEC 287/16" e "Golpe e Regresso" estamparam os cartazes dos participantes da manifestação, à qual também compareceram estudantes.

Participaram do evento integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra), da Central Única dos Trabalhadores (CUT), do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolândia (STR), do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolândia (SINDSEMP) e do Sindicato dos Professores do estado de Pernambuco (Sinpro).

Os vereadores Jorge Viana e José Luiz (Zé Pezão) também acompanharam a manifestação. 

O evento chegou ao final por volta do meio dia, em frente ao Mercado Público, onde as principais lideranças fizeram discursos contra a Reforma da Previdência.

Um dos oradores do evento, o professor Daniel filho, do Sinpro, também lembrou que os Professores de Pernambuco decretaram greve por tempo indeterminado, após assembleia realizada nesta quarta-feira (15), no Recife.

A proposta de Reforma da Previdência prevê, entre outras coisas, idade mínima de 65 anos para a aposentadoria. O governo também tem projeto para alterar as relações trabalhistas com proposta para permitir que as negociações coletivas entre patrões e empregados se sobreponham às leis do Trabalho.

Ver fotos>Trabalhadores e estudantes protestam contra a Reforma da Previdência em Petrolândia

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assis Ramalho

Comentários

Publicidade