Publicidade

Petrolândia: Pelo 10º ano consecutivo, Dona Zenilda realiza almoço para crianças carentes do Bairro Nova Esperança

Dona Zenilda e o prazer de servir as crianças do Bairro Nova Esperança (Fotos: Assis Ramalho)

Garotada faz fila para receber a refeição

Dona Zenilda e a amiga, dona Carminha
O prazer do dever cumprido

Dona Zenilda em foto com familiares e amigas

A distribuição aconteceu em frente a Capela de Santo Expedito, padroeiro da comunidade do Bairro Nova Esperança
Entrevista com dona Zenilda vai ao ar na manhã desta terça-feira, 13 de outubro/2015, dentro do programa "Acordando com as Notícias", apresentado por Assis Ramalho, pela Web Rádio Petrolândia''. Programa vai ao ar de segunda a sábado, das 05h30 às 08h30.

Preocupada com as crianças carentes do Bairro Nova Esperança, subúrbio da cidade de Petrolândia, no Sertão de Pernambuco, a funcionária pública Maria dos Santos, mais conhecida como dona Zenilda, já há dez anos distribui, no Dia das Crianças, almoço para a garotada da comunidade. A reportagem do Blog de Assis Ramalho registrou a ação nesta segunda-feira (12).

O ponto do encontro para a entrega do almoço, em marmitas, foi em frente à Capela de Santo Expedito, Padroeiro da comunidade. A funcionária pública dona Zenilda, juntamente com sua família e a amiga, dona Carminha, distribuíram cerca de quatrocentas quentinhas para toda a garotada que se aglomerou, formando uma grande fila.

Em conversa com a reportagem do Blog de Assis Ramalho e da Web Rádio Petrolândia, dona Zenilda disse que, para ela, é uma grande satisfação poder, da maneira que pode, ajudar as pessoas mais carentes.

"Eu não tenho nem palavras para dizer da minha satisfação, porque a emoção é muito grande. Pra mim é um grande prazer quando chega o Dia das Crianças, eu poder estar aqui com a minha família, com minhas amigas, minhas vizinhas, minhas colegas de trabalho, que me ajudaram com os alimentos e com a mão de obra. Dá muito trabalho, mas é prazeroso e quero fazer isso enquanto viver."

Perguntada como surgiu a ideia de distribuir almoço no Dia das Crianças, dona Zenilda respondeu:

''Em 2005 eu recebi o meu PIS (PIS/Pasep) e andando por aqui [no Bairro Nova Esperança] eu senti a necessidade de fazer alguma coisa pelas crianças. Não é muito, mas o pouco com Deus é muito. Comecei com pouco mais de cem refeições e hoje fechei com cerca de quatrocentos almoços''. 

Dona Zenilda fala sobre a expectativa de chegada do dia 12 de outubro.

''Eu posso garantir que passa uma sensação muito grande quando chega o dia 12 de outubro. Ontem, eu fui dormir três horas da manhã e às quatro horas eu já estava de pé, e estou aqui com muita alegria. Não tenho cansaço, só tenho prazer em saber que deixei pessoas felizes''.

De acordo com dona Zenilda, as pessoas que têm muito deveriam dividir um pouco com os mais carentes.

''Essas pessoas que têm muito deveriam dividir um pouco com as pessoas que não têm, até porque fazendo isso é uma maneira de agradecer a Deus por tudo que ele deu. Hoje é um dia muito especial, é o Dia das Crianças e de Nossa Senhora Aparecida. Então, Assis, eu sou assalariada e acho que tenho muito, porque o pouco com Deus é muito. Eu tiro um pouco do meu salário e, se Deus quiser, eu quero continuar esse trabalho por muito tempo. Eu também quero agradecer a você, Assis Ramalho, que é uma pessoa que eu admiro, por ter vindo aqui mais uma vez prestigiar a gente", finalizou dona Zenilda, que também agradeceu aos comerciantes que colaboraram na campanha deste ano.

A amiga de dona Zenilda, dona Carminha, diz que o prazer de ajudar as crianças mais carentes não tem preço, e que fica contando os dias para a chegada de outubro.

''Durante todo o ano, eu fico contando os dias, porque se existem duas coisas que me fez feliz no mundo foi fazer parte do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) e poder ajudar essa mulher a ser voluntária, para fazer parte deste dia maravilhoso que é o Dia das Crianças e de Nossa Senhora Aparecida''.

Dona Carminha diz sentir prazer em ver uma criança feliz.

''Chegar aqui e ver as crianças felizes, com um brilho nos olhos não tem preço. E se alguém pensa que isso me cansa, está completamente enganado, porque o que a gente faz com amor é retribuído com as graças de Deus. Então, eu já estou pensando é no próximo ano, para que a gente possa fazer ainda melhor", disse dona Carminha, com um largo sorriso de felicidade'.

O Blog de Assis Ramalho felicita dona Zenilda, juntamente com sua família dona Carminha e todas as outras pessoas que, direta ou indiretamente, contribuíram com o bonito ato de solidariedade.

Para ver fotos, clique >10º almoço de dona Zenilda para crianças do Bairro Nova Esperança

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos; Assis Ramalho

Comentários

Publicidade