sábado, 3 de agosto de 2013

Semana de Direitos Humanos realiza mutirão de cidadania em Petrolândia, Floresta, Tacaratu e Belém do São Francisco

A Semana de Direitos Humanos do Sertão de Itaparica tem início nesta segunda-feira (05), às 08h, na Aldeia Indígena Pipipã, no município de Floresta. Através do Programa Balcão de Direitos, os índios vão retirar gratuitamente documentos como, Carteira de Identidade e de Trabalho, 2ª vias de Certidão de Nascimento e de Casamento, além de fotos 3X4. O mutirão também vai para a Aldeia Pankará, em Carnaubeira da Penha, na terça, dia 06.

Estas são apenas algumas das atividades da Nona Semana de Direitos Humanos, que é promovida pela Secretaria Executiva de Justiça e Direitos Humanos, coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e vai atingir as 12 Regiões de Desenvolvimento do estado.



Na programação constam Oficinas sobre: Educação no Campo e Direitos Humanos, em Floresta; Orientações sobre o Sistema Estadual de Proteção à pessoa, em Petrolândia, Tacaratu e Floresta; Debate Pessoa Idosa e Direitos Humanos, em Petrolândia, Floresta e Belém do São Francisco.

Também serão realizadas, até o dia 09 de Agosto, dicas sobre como prevenir a violência financeira contra a pessoa idosa, junto ao PROCON, em Petrolândia; encontro do Centro Estadual de Apoio a Vítimas de Violência, CEAV, com representantes da Segurança Pública, nos municípios de Tacaratu e Floresta; apresentação da peça “Priscillas: Um grito contra a Homofobia” em Petrolândia, mostrando a importância do respeito ao público LGBT, entre outras atividades que vão reunir a população. 72 municípios pernambucanos já receberam, em 2013, a Semana de Direitos Humanos.

Segundo o secretário executivo Paulo Moraes, os mutirões de serviços e as ações de cidadania buscam dar maior visibilidade ao trabalho na área de Direitos Humanos em Pernambuco, promovendo a sensibilização das redes parceiras e da sociedade civil sobre a importância da preservação da cidadania através do combate às violações.

Na conclusão dos trabalhos em cada região é realizado o Seminário Regional: Pernambuco pelos Direitos Humanos, onde são apresentadas propostas para a construção do Plano Estadual de Direitos Humanos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário