quarta-feira, 26 de julho de 2017

Petrolândia na Wikipédia tem Ricardo Rodolfo deposto e Jane como prefeita até 2020


Não se sabe se por excesso de competência, ignorância ou pura zoeira, o verbete da cidade de Petrolândia-PE na Wikipédia, a mais consultada enciclopédia disponível na Internet, cujos dados em alguns casos geram resultados na pesquisa do Google, apresenta o resultado acima (pesquisa Google) e abaixo (verbete na Wikipédia). Em exercício de 10 de julho a 10 de agosto de 2017, período de licença para tratamento de saúde do prefeito Ricardo Rodolfo (PR), a vice-prefeita Janielma Maria Ferreira Rodrigues Souza (Jane), que pertence ao PSB e não ao PR, é citada como gestora da Prefeitura de Petrolândia no mandato 2017-2020. 

Para quem pesquisa sobre Petrolândia na Internet, o prefeito Ricardo Rodolfo - que não renunciou - não existe, porque seu nome foi substituído na Wikipédia pelo de Jane, atual "prefeita interina", como é anunciada em publicações oficiais. 

Em situação similar, porém com informações corretas na Wikipédia, está a cidade de Petrolina. No último domingo (23), o recém-casado prefeito Miguel Coelho (PSB) licenciou-se para viajar em lua de mel com a primeira dama Lara Secchi Coelho. Assumiu a vice-prefeita Luska Portela (DEM), intitulada em todas as publicações da Prefeitura de Petrolina simplesmente como "prefeita", sem nenhum adendo para (des)qualificar o exercício provisório do cargo. Petrolândia tem muito o que aprender com a Imperatriz do Vale do São Francisco.

O nome de Miguel Coelho permanece nas informações do verbete Petrolina na Wikipédia, pois o prefeito não foi cassado nem renunciou, assim como o prefeito de Petrolândia, Ricardo Rodolfo, "deposto" do cargo por quem atualiza o verbete com as informações da cidade na enciclopédia digital. 

Bandeira de Petrolândia - Além do nome do prefeito, a bandeira apresentada na Wikipédia durante anos também sumiu. No lugar da bandeira, há apenas link para o site de uma empresa de tecnologia.


Redação do Blog de Assis Ramalho


0 comentários:

Postar um comentário