Publicidade

Petrolândia: Ana Clara (Clarinha) agradece ajuda para comprar aparelho portátil de oxigênio; ''Obrigada! Agora posso brincar e passear"


Uma campanha de solidariedade foi realizada em Petrolândia, no Sertão de Pernambuco, para ajudar uma garota de 12 anos, portadora de fibrose cística, a ter mais qualidade de vida. A doença de Ana Clara foi diagnosticada quando ela tinha 6 anos. Em janeiro deste ano, a reportagem do Blog de Assis Ramalho e Web Rádio Petrolândia mostrou o caso, por meio de entrevista com Clarinha, na residência de sua família, na Quadra 01 de Petrolândia. Reveja a matéria abaixo.

Na tarde desta sexta-feira, 20 de novembro de 2020, a família entrou em contato com nossa reportagem para dar a boa notícia de que o aparelho já foi comprado e, graças a Deus e às pessoas que a ajudaram, Clarinha agora passa a ter um outra qualidade de vida, com mais liberdade para locomover-se sem riscos.

O Blog de Assis Ramalho e a Web Rádio Petrolândia também agradecem a bondade das pessoas que ajudaram Clarinha. Assista abaixo ao vídeo de agradecimentos de Clarinha e, em seguida, a matéria feita com Clarinha em janeiro deste ano.



REVEJA A MATÉRIA
Petrolândia: Ana Clara precisa de um aparelho de oxigênio portátil; campanha prossegue - Ajude Clarinha!
Ana Clara precisa de sua ajuda - Ajude Clarinha


Uma campanha de solidariedade está sendo realizada em Petrolândia, no Sertão de Pernambuco, para ajudar uma garota de 12 anos, portadora de fibrose cística, a ter mais qualidade de vida. A doença de Ana Clara foi diagnosticada quando ela tinha 6 anos. Hoje, atividades normais para meninas de sua idade são impraticáveis para Ana Clara, entre elas frequentar a escola.

A garota recebe oxigênio 24 horas por dia, ligada a um grande cilindro, por conta disso a locomoção é limitada. Segundo a família, até o deslocamento a médicos, para as consultas periódicas, é prejudicado.

Para Ana Clara voltar a ter uma vida (praticamente) normal, a família precisa comprar um concentrador Portátil de Oxigênio SimplyGo Mini (até 1LPM). O preço do aparelho custa em torno de dezesseis mil reais.

Quem puder ajudar, pode entrar em contato com a família pelos números 87 99641-8387 ou 87 99623-3467. Na foto abaixo desta reportagem, as contas que podem receber doações para a compra do equipamento para ajudar Ana Clara que que mora na Rua Tancredo Neves, na Quadra 01 de Petrolândia - próximo a praça.

Na tarde de quarta-feira (16/01/20), Assis Ramalho visitou a casa de Ana Clara e conversou com a garota e com sua mãe, Aparecida (Confira no vídeo abaixo).




Concentrador Portátil de Oxigênio SimplyGo Mini (até 1LPM) - Philips Respironics - é o modelo de aparelho (foto acima) que Ana Clara precisa para se librar do enorme cilindro que atualmente usa. Com esse aparelho Ana Clara poderá realizar atividades normais, entre elas frequentar a escola.

O aparelho custa R$ 16.000,00 [dezesseis mil reais]. Clarinha precisa de sua ajuda!

Ana Clara recebe oxigênio 24 horas por dia, ligada a esse grande cilindro

Fibrose cística é grave e atinge cerca de 70 mil pessoas em todo o mundo Fibrose Cística (FC)*, também conhecida como Doença do Beijo Salgado ou Mucoviscidose, é uma doença genética crônica que afeta principalmente os pulmões, pâncreas e o sistema digestivo. É a doença genética grave mais comum da infância. Um gene defeituoso e a proteína produzida por ele fazem com que o corpo produza muco de 30 a 60 vezes mais espesso que o usual. O muco espesso leva ao acúmulo de bactéria e germes nas vias respiratórias, podendo causar inchaço, inflamações e infecções como pneumonia e bronquite, trazendo danos aos pulmões. A fibrose cística atinge cerca de 70 mil pessoas em todo o mundo
Sintomas mais comuns:

- pele/suor de sabor muito salgado;

- tosse persistente, muitas vezes com catarro;

- infecções pulmonares frequentes, como pneumonia e bronquite;

- chiados no peito ou falta de fôlego;

- baixo crescimento ou pouco ganho de peso, apesar de bom apetite;

- diarreia;

- surgimento de pólipos nasais;

- baquetamento digital (alongamento e arredondamento na ponta dos dedos).

Diagnóstico:

A FC pode ser identificada no Teste do Pezinho e diagnosticada através de exames genéticos ou do Teste do Suor.

Tratamento:

Todo o tratamento deverá ter acompanhamento médico e especializado e varia de acordo com a gravidade da doença e com a forma como ela se manifesta. Porém, a maioria dos tratamentos é projetada para tratar problemas digestivos e para limpeza dos pulmões. É composto por:

- ingestão de enzimas digestivas para a alimentação;

- suporte nutricional;

- medicamentos broncodilatadores, antibióticos, anti-inflamatórios;

- fisioterapia respiratória;

- atividade física;

- acompanhamento multidisciplinar frequente.

Redação do Blog de Assis Ramalho



Comentários

Publicidade