quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Petrolândia: Saudades de Barreiras; por Tony Xavier, o poeta do povo

 
Igreja do Sagrado Coração de Jesus, na velha Barreiras
Ruínas da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, no Lago de Itaparica, Petrolândia-PE

SAUDADES DE BARREIRAS
Tony Xavier - O Poeta do povo

É bichinho atrevido
O sentimento saudade,
Em meu peito já não cabe,
Porque já vive sofrido.
Tristonho, aborrecido,
Simplesmente machucado,
Estou sendo devorado,
E o meu dilema é esse:
Se a saudade morresse,
Eu já teria matado.

Sempre cheio de emoção
Lembro daquele lugar,
Eu vivo a imaginar,
São tentativas em vão.
Faz doer meu coração,
Me sentindo derrotado,
Completamente arrasado,
E o caminho é esse:
Se a saudade morresse,
Eu já teria matado.
Olhando aquele lago,
A Igreja dentro dele,
Reconheço, é aquele
Que lembro a todo instante.
Já não é mais como antes,
Tudo está transformado,
As lembranças do passado,
Determinou que eu sofresse:
Se a saudade morresse,
Eu já teria matado.

Olho e vejo com tristeza
Nosso templo lá no rio,
Parecendo um navio,
Que no mar foi esquecido.
Vivendo desprotegido,
Pelo dono abandonado,
E continua ancorado,
E o seu destino é esse:
Se a saudade morresse,
Eu já teria matado.

Blog Petrolândia em Foco
Foto: Tony Xavier


0 comentários:

Postar um comentário