segunda-feira, 9 de julho de 2018

Datena desiste de concorrer ao Senado e volta ao Brasil Urgente


O apresentador José Luiz Datena apresentou, nesta segunda-feira (9), seu tradicional programa policial, Brasil Urgente, na Band. Ele apareceu depois de ter se afastado do vídeo para concorrer às eleições para o Senado Federal. Logo no início do programa, o jornalista explicou à sua audiência o que ocorreu nos últimos dias.

“Estava decidido a ser candidato ao Senado. O problema de desistir é que você às vezes chega tão perto de seu objetivo. Eu conversei muito com minha família, refleti muito. É a segunda vez que eu me proponho a ajudar o meu país, sem ser aqui no programa, mas não era a hora. Talvez nunca chegue a hora de eu ser político mesmo”, afirmou.

Na sequência, ele continuou explicando a dificuldade que é ingressar no universo da política no país. Além disso, demonstrou que precisava deixar seus seguidores a par de tudo. “Essa é a explicação que eu queria dar para vocês que me acompanham há tanto tempo. Não queiram passar por isso que é muito difícil”, concluiu.
Entenda o caso
Após ter revelado que iria deixar o comando do Agora é com Datena para se candidatar ao Senado em São Paulo na eleição deste ano, José Luiz Datena voltou atrás e não irá se arriscar mais na política. A informação foi dada pelo jornalista Anderson Cheni, no blog Chini no Campo. Neste domingo (8), o famoso deve retornar ao comando do programa que apresentava na Band e também na atração que tinha na rádio Bandeirantes.

Em entrevista à colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o comunicador contou que está sofrendo pressão familiar desde que decidiu se candidatar. “A mulher [Matilde] não dorme, chora o dia inteiro pedindo que eu desista. O filho [Joel] diz o tempo todo: ‘Ô pai, para com isso’. O outro filho, Vicente, também não quer. É difícil. É um jogo contra dentro de casa”,afirmou o artista.

Observatório da TV


0 comentários:

Postar um comentário