Publicidade

Petrolândia: Comunidade Quilombola Borda do Lago é beneficiada com cestas básicas pela Fundação Cultural Palmares/MinC

Sr. Cícero Abraão com a quilombola Rita de Cássia foi quem articulou as cestas básicas junto ao prefeito de Petrolândia, Lourival Simões, e Dorinha Leal (Projeto Quilombos de Pernambuco). Rita de Cássia é uma das lideranças do Quilombo Borda do Lago. 
As cestas básicas foram acompanhadas e distribuídas pela Secretária de Assistência Social do Município de Petrolândia, Anna Tereza, Secretária de Desenvolvimento Social, Cidadania e Juventude. 
Prefeito de Petrolândia, Lourival Simões, com o quilombola Guga
Presidente da Associação Quilombolas Borda do Lago, Cícero Abraão: "Estou muito feliz com a distribuição desses alimentos para o meu povo"

A Secretária de Assistência Social de Petrolândia acompanhou todo o processo de transporte e distribuição das cestas, passo a passo. "Foi uma grande conquista para os quilombolas do nosso município, diz Anna Tereza. 

Dona Socorro, mãe de Lourival, fez questão de estar presente na distribuição das cestas básicas. "Fico muito feliz pelo meu povo!".

"Nosso quilombo agradece à Fundação Cultural Palmares por liberar esses alimentos num momento de muita necessidade", agradecem quilombolas.

Nesse domingo (18/12/2016), a comunidade quilombola Borda do Lago/Negros de Betinho, situada no município de Petrolândia-PE, foi beneficiada pela primeira vez com cestas básicas do programa Ação de Distribuição de Alimentos a Grupos Populacionais Específicos-ADA, através da FUNDAÇÃO CULTURAL PALMARES/Ministério da Cultura (MinC), entregues pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), em parceria com a CONAB Recife.

Estiveram presentes à comunidade o prefeito de Petrolândia, Lourival Simões, que articulou com Dorinha Leal (Projeto Quilombos de Pernambuco) o benefício, a Secretária de Desenvolvimento Social, Cidadania e Juventude, Anna Teresa Leal Simões, que fez um acompanhamento digno aos nossos quilombolas, e a sra. Socorro Simões, mãe de Lourival Simões. Juntamente com o presidente da Associação Quilombola Borda do Lago, sr. Cícero Abraão da Silva, Rita de Cássia, João Paulo e uma comissão organizadora, composta de 10 pessoas (5 adultos e 5 jovens) que prepararam e ajudaram a entregar as cestas aos beneficiados, seguindo todos os itens exigidos pela FUNDAÇÃO CULTURAL PALMARES: acompanhamento do CRAS e Assistência Social do Município.

A Ação de Distribuição de Alimentos a Grupos Populacionais Específicos tem como objetivo a aquisição de gêneros alimentícios básicos e a distribuição gratuita desses gêneros em forma de “cestas” de alimentos, com o intuito de atender, em caráter emergencial e complementar, famílias que se encontram em situação de insegurança alimentar e nutricional, para garantir o acesso contínuo aos alimentos.

É preciso seguir à risca todos os critérios da FUNDAÇÃO CULTURAL PALMARES, juntamente com o MDSA. Podem ser beneficiados com a Ação de Distribuição de Alimentos a Grupos Populacionais Específicos os seguintes segmentos populacionais:
Famílias acampadas que aguardam acesso ao Plano Nacional de Reforma Agrária;
Povos indígenas;
Comunidades remanescentes de quilombos;
Comunidades de terreiros;
Famílias atingidas pela construção de barragens;
Famílias de pescadores artesanais;
População de municípios que estejam em situação de emergência e/ou calamidade pública reconhecida pela Secretaria Nacional de Defesa Civil – Ministério da Integração Nacional

A Ação é realizada em parceria com as entidades e órgãos parceiros responsáveis pela interlocução com cada um desses grupos populacionais. São essas instituições que selecionam e indicam ao MDSA as famílias que deverão ser atendidas, segundo critérios institucionais definidos, além de serem responsáveis também pela retirada das cestas dos armazéns da Conab, com todo acompanhamento de Assistência Social, conforme exigência do Ministério.


Lourival muito feliz entregando as cestas básicas

Redação do Blog de Assis Ramalho com informações de Dorinha Leal/Projeto Quilombos de Pernambuco
Fotos: João Paulo/Associação Quilombola Borda do Lago

Comentários

Publicidade