Publicidade

Comunidades de Sergipe recebem sistema de dessalinização de água

Até final do ano, Estado pretende inaugurar 25 dessalinizadores, que ofertarão água potável a 15 mil pessoas afetadas pela seca (Foto: Paulo de Araújo/MMA)

O Programa Água Doce entregou, na tarde dessa quinta-feira (15), o primeiro sistema de dessalinização do Estado de Sergipe. Ao todo, serão atendidas 30 comunidades, em nove municípios, com investimento de mais de R$ 6 milhões, beneficiando 15 mil pessoas que passarão a ter acesso à água própria para consumo.

A primeira comunidade beneficiada é o assentamento quilombola Serra da Guia, no município de Poço Redondo. O dessalinizador atenderá 600 pessoas que vivem no assentamento, além de abastecer o posto médico e a escola da comunidade.

“Isso tudo é resultado de uma parceria muito importante entre o governo federal, estadual, municipal e sociedade civil”, ressaltou o coordenador nacional do programa, Renato Ferreira.

“Já temos 25 obras em curso e pretendemos entregar esses 25 sistemas, em sete municípios de Sergipe, até dezembro”, destacou o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado, Olivier das Chagas. “É impressionante ver a satisfação das pessoas com a chegada dessa água pura. É muito gratificante fazer parte disso”, disse.

O município de Poço Redondo está situado no polígono das secas, no sertão sergipano, com uma população de 30.880 habitantes. Por possuir o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado (0,529), é considerado pelo Plano Estadual do Programa Água Doce como prioritário para atendimento.

Áreas rurais

Atualmente, o sistema de abastecimento de água de Poço Redondo atende a apenas 40% dos domicílios, devido ao grande predomínio da população vivendo em áreas rurais. A vazão dos poços na região é pequena e, na maioria das vezes, apresenta água salinizada.

O presidente da Associação Comunitária de Serra da Guia, José Sandro Santos, está muito feliz com a chegada desse novo recurso. E relatou o grande sofrimento da população com a falta d’água: “O abastecimento por carro-pipa é muito precário. Se acontece qualquer coisa e o carro não vem, ficamos sem água nenhuma”.

Próximas comunidades

Até dezembro de 2015, outras 25 comunidades terão água de boa qualidade ofertada de forma permanente às suas populações. No município de Poço Redondo, além de Serra da Guia, a comunidade de Areias receberá seu sistema de dessalinização.

Em Canindé do São Francisco, quatro comunidades serão contempladas: Assentamento 12 de março, Acampamento Caiçara, Jaburu e Assentamento Mandacaru I. No município de Porto da Folha serão instalados três sistemas nas comunidades de Craibeiro, Pedro Leão e Umburaninha. Lagoa do Rosado, comunidade rural do município de Monte Alegre também será contemplada.

Em Nossa Senhora da Glória serão quatro comunidades: Periquito, Assentamento Fortaleza, Aningas e Retiro II. O município de Poço Verde receberá sete sistemas de dessalinização: Cova da Índia, Saco do Camisa, Ponta da Serra, Cacimba Nova, Recanto, Povoado Lages e Cachorro Morto. E em Carira serão quatro: Três Tanques, Macacos, Bezerra e Lagoa dos Porcos.

Programa Água Doce

A iniciativa é uma ação do governo federal, coordenada pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com diversas instituições federais, estaduais, municipais e sociedade civil, que estabelece uma política permanente de acesso a água de boa qualidade para o consumo humano.

Lançado em 2004, passou a integrar o Plano Brasil sem Miséria há dois anos e consiste na implantação e recuperação de aparelhos de dessalinização em áreas rurais de baixa renda do Semiárido, por meio do aproveitamento sustentável de águas subterrâneas, incorporando cuidados ambientais e sociais. Abrange os nove estados do Nordeste e Minas Gerais e já beneficiou mais de 100 mil pessoas.

Fonte: Ministério do Meio Ambiente

Comentários

Publicidade